Arquivo/AE
Arquivo/AE

Recuperado, Marcos voltará a treinar em três semanas

Depois de procedimento cirúrgico no joelho esquerdo, goleiro do Palmeiras começa trabalho de fisioterapia

AE, Agência Estado

22 de junho de 2010 | 16h14

Após ser submetido a uma artroscopia no joelho esquerdo no último dia 16, o capitão palmeirense Marcos foi reavaliado na manhã desta terça-feira pelos médicos do clube, Rubens Sampaio, Vinícius Martins e Otávio Vilhena, e também pelo prof. dr. Gilberto Camanho - responsável pela intervenção cirúrgica - e recebeu uma ótima notícia: está liberado para iniciar os primeiros trabalhos de fisioterapia e fortalecimento muscular.

"Como já havíamos falado anteriormente, a cirurgia do Marcos foi um sucesso e a recuperação dele melhor ainda. Felizmente ele está muito bem, sem qualquer tipo de dor, e em razão disso está liberado para dar continuidade ao processo de recuperação", explicou o médico Rubens Sampaio ao site oficial do Palmeiras.

A boa notícia veio ao encontro do que o fisioterapeuta José Rosan Jr. já havia comentado sobre os detalhes do protocolo de reabilitação do camisa 12 do Verdão, semana passada. "Até ontem [segunda-feira] ele fez apenas gelo e eletro estimulação muscular, que foi a primeira parte da etapa de recuperação. Agora, Marcos começa o processo fisioterápico, com treinos na bicicleta, piscina e fortalecimento muscular", disse o fisioterapeuta.

A previsão é que goleiro volte a treinar com bola no prazo estimado de três semanas, e depois esteja liberado para jogar. "Não queremos falar em prazos e nem se ele estará à disposição para atuar contra o Santos [no dia 15 de julho]. O mais importante é fazermos um trabalho de recuperação eficiente e sem queimar etapas. O Marcos está muito bem e isso é o que importa", completou o médico palmeirense.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasMarcos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.