Recuperado, Ronaldo reforça o Real

O atacante Ronaldo deverá ser a principal novidade do Real Madrid na partida desta quarta-feira contra o Monaco, pelas quartas-de-final da Liga dos Campeões da Europa. Depois de duas semanas em tratamento por conta de uma lesão muscular, o atacante garantiu nesta terça-feira estar plenamente recuperado e poderá ser escalado sem problemas. ?Eu recebi alta dos médicos e não senti nada nos treinos físicos. Falta-me apenas um pouco de ritmo, mas a lesão já não existe mais?, assegurou o jogador. Os médicos, no entanto, são mais cautelosos e dizem que seria mais prudente evitar que ele jogue uma partida inteira. Animado pela volta, o brasileiro rejeitou a tese da imprensa espanhola, segundo a qual o Real está excessivamente dependente de Ronaldo. É que durante a ausência do atacante, a vantagem do Real em relação ao Valencia no Campeonato Espanhol caiu de 8 para apenas 1 ponto. Além disso, o time perdeu a Copa do Rey ao ser derrotado por 3 a 2 pelo Zaragoza na final. ?Não existe dependência alguma. A história do Real Madrid é grande demais e o time já demonstrou que pode vencer sem mim?, disse, modestamente, Ronaldo. Para ele, o Real deve se preocupar com o adversário. Disse que o Monaco é uma grande equipe e tem um atacante muito perigoso, referindo-se a Fernando Morientes (ex-Real). ?Nós o conhecemos bem e sabemos de suas qualidades. Ele certamente vai estar muito motivado para mostrar que ainda teria lugar em nossa equipe?, alertou o Fenômeno.Ronaldo vai formar a dupla de ataque com Raul, que também volta de contusão. O lateral Roberto Carlos cumpre o último jogo de suspensão e continua de fora.

Agencia Estado,

23 de março de 2004 | 11h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.