Ricardo Duarte/Internacional
Ricardo Duarte/Internacional

Wellington Silva diz estar 100% e pede para Inter não mudar a forma de jogo

Atacante destaca a necessidade do time colorado manter a ofensividade para enfrentar o Caxias

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de março de 2019 | 22h23

O atacante Wellington Silva prevê um Internacional agressivo, domingo, às 16 horas, diante do Caxias, na Serra Gaúcha, pelo primeiro jogo das semifinais do Campeonato Gaúcho. Segundo o jogador, o time deve se comportar como fez diante do Novo Hamburgo, nas quartas de final, quando venceu por 2 a 0, no campo do adversário.

"Nosso time tem, uma forma de jogar e não pode mudar. Contra o Novo Hamburgo, conseguimos a vaga no primeiro jogo, no interior. Temos de tentar repetir isso", afirmou o atleta, que está recuperado das lesões que o atrapalharam no início da temporada.

"Estou 100%. Espero dar o meu melhor para ajudar meus companheiros a conseguirem um resultado que nos possa dar uma bela vantagem para o jogo de volta no Beira-Rio", disse Wellington Silva, que citou o fato de o time ter o duelo com o River Plate, pela Copa Libertadores, na próxima quarta-feira.


"Estamos em um momento decisivo dos campeonatos. Precisamos manter um nível de atuação e conseguir os resultados para colocar o Inter em destaque."


Na tarde desta sexta-feira, o técnico Odair Hellmann comandou um treinamento em campo reduzido, com três equipes, em um primeiro momento, e duas, posteriormente, no Centro de Treinamentos do Parque Gigante. Mas não revelou o time que pretende colocar em campo em Caxias.


Segundo colocado na fase classificatória, o Inter eliminou o Novo Hamburgo nas quartas de final. Já o Caxias, terceiro colocado na primeira fase, passou pelo Aimoré antes de chegar na semifinal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.