Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Recuperados de covid-19, Scarpa e Veron voltam aos treinos no Palmeiras

Jogadores são liberados para participar de atividade e podem participar de jogo contra o Delfín, pela Libertadores

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de novembro de 2020 | 14h02

O Palmeiras contou com o retorno de três jogadores no treino desta terça-feira, na Academia de Futebol. Recuperados do novo coronavírus, o meia Gustavo Scarpa, o atacante Veron e o goleiro reserva Vinícius trabalharam junto com os colegas e podem reforçar o time na viagem ao Equador para enfrentar na quarta o Delfín, pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

A presença deles no compromisso internacional depende apenas do resultado de um exame realizado nesta terça. O Ministério da Saúde do Equador obriga que estrangeiros apresentem essa comprovação para entrar no país. Os resultados serão divulgados ainda nesta terça. Segundo o clube, os jogadores realizaram quarentena e apresentaram exames cardiopulmonares saudáveis.

Vinicius, Gustavo Scarpa e Veron se juntam a Luan, Gabriel Menino, Danilo, Rony e Gabriel Silva entre os atletas recuperados da doença e que já retomaram as atividades. O Palmeiras também pode ter no Equador o lateral uruguaio Matías Viña, que estava infectado, mas cumpriu a quarentena em Montevidéu e está de volta do Brasil. 

Depois de terem sido poupados do treino de segunda, o lateral-direito Marcos Rocha e o meia Ramires trabalharam com o grupo. O técnico português Abel Ferreira comandou um treino tático pela manhã. O provável time titular deve ter: Weverton; Luan, Gómez e Renan (Scarpa); Gabriel Menino, Danilo, Zé Rafael, Patrick de Paula e Mayke; Lucas Lima e (Gabriel Silva) Rony.

O jogo será disputado às 19h15 desta quarta-feira na cidade equatoriana de Manta. A partida de volta será já na semana que vem, no Allianz Parque. Quem passar vai pegar o vencedor do confronto entre Libertad, do Paraguai, e Jorge Wilstermann, da Bolívia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.