Recuperados, Nino Paraíba e Renato Cajá voltam aos treinamentos na Ponte Preta

Time enfrenta o Palmeiras neste sábado, no Allianz Parque

O Estado de S.Paulo

18 de abril de 2017 | 20h34

As principais novidades na volta dos treinamentos da Ponte Preta, nesta terça-feira, foram as participações do lateral-direito Nino Paraíba e do meia Renato Cajá. Ambos ficaram fora do primeiro jogo da semifinal do Campeonato Paulista contra o Palmeiras, mas devem, pelo menos, reforçar o banco de reservas no confronto de volta, neste sábado, no estádio Allianz Parque, em São Paulo.

Os dois já demonstram muita animação de voltar aos treinos, mesmo porque não querem ficar fora do time nesta grande fase. Do outro lado, o técnico Gilson Kleina mantém a cautela, tendo em vista que prevê um jogo "disputado num ritmo muito intenso". "É difícil a gente escalar um jogador que volta de lesão num jogo tão pesado. Mas vamos pensar com calma porque os dois são importantes para o time", disse.

Na verdade, ninguém espera mudanças para este jogo em São Paulo. Apenas a entrada de Artur na lateral esquerda, devido à suspensão de Reynaldo por três cartões amarelos. Esta alteração já muda o modo do time atuar porque Artur é um especialista, inclusive ofensivamente, enquanto que Reynaldo é zagueiro e vinha sendo improvisado, dando conta de recado principalmente na marcação.

O discurso parece bem ensaiado entre comissão técnica, jogadores e dirigentes. Todos prometem manter o foco para chegar à decisão contra o vencedor do confronto entre Corinthians e São Paulo. "O entusiasmo nós devemos deixar para a torcida", ponderou o capitão Fernando Bob.

Após abrir boa vantagem no primeiro jogo, em Campinas (SP), com a vitória por 3 a 0, a Ponte Preta pode perder até por 2 a 0 na volta. O Palmeiras precisa fazer 3 a 0 para levar a definição nos pênaltis ou vencer por quatro ou mais gols de diferença.

Outra boa notícia do dia foi a convocação do lateral-direito Emerson para a seleção brasileira sub-20. Ele tem apenas 18 anos e participou de alguns jogos neste Paulistão, tanto pela direita como pela lateral esquerda. Ele ficará em treinamento na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), no período de 23 a 28 deste mês, justamente, no período das finais do Paulistão.

INGRESSOS

O torcedor pontepretano ganhou mais um incentivo para apoiar o time em São Paulo neste sábado. A diretoria vai disponibilizar ônibus de graça para os sócios-torcedores que forem ao jogo na capital paulista. As vendas dos 1.900 ingressos - R$ 110,00 (inteira) e R$ 55,00 (meia) - começam a partir das 10 horas desta quarta-feira exclusivamente para integrantes adimplentes do programa TC10+. Caso os bilhetes não se esgotem, eles serão comercializados na quinta e na sexta para os demais torcedores.

Para quem não conseguir acompanhar o time na capital, a diretoria vai colocar um telão em frente ao estádio Moisés Lucarelli. Tal atitude já foi tomada diante do Santos, nas quartas de final, e mais de 500 pessoas acompanharam a classificação para as semifinais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.