Cesar Greco/Divulgação
Cesar Greco/Divulgação

Recuperar Leandro é uma das missões de Marcelo Oliveira

Atacante se destacou na Série B e depois perdeu espaço no time>

DANIEL BATISTA, Estado de S.Paulo

17 de julho de 2015 | 10h53

Contratado por R$ 8 milhões após se destacar na Série B com a camisa do Palmeiras, o atacante Leandro hoje, nem de longe, lembra aquele jogador que agradou a diretoria quando chegou ao clube como parte da negociação envolvendo a transferência de Barcos para o Grêmio.

O atacante teve uma nova oportunidade diante do ASA, na última quarta-feira, e mais uma vez decepcionou. Como existem muitas opções em sua posição, a cada dia parece mais difícil ele ganhar espaço. Entretanto, o técnico Marcelo Oliveira promete que não vai desistir do atleta e que sua missão é recuperá-lo.

"O Leandro vem de muito tempo parado e está voltando agora. Ele tem treinado bem e por isso jogou. É um jogador que vamos procurar recuperar porque já confrontei ele muitas vezes, quando estava em outros clubes, e sempre me deu muito trabalho. Agora, tende a recuperar a melhor forma", disse o comandante palmeirense.

A má fase de Leandro se iniciou no meio do ano passado, quando começou a sentir muitas dores no pé esquerdo. Após a realização de alguns exames e tratamentos, foi necessário que ele passasse por uma cirurgia para tratar a fratura por estresse no local. Com isso, ele voltou aos treinamentos apenas em maio deste ano.

Embora o treinador tenha elogiado a disposição do atleta durante os treinamentos, Leandro aparece bem atrás na disputa com os demais jogadores de sua posição. Ao final da partida contra o ASA, ele culpou a exatamente a falta de ritmo como responsável pela má atuação. "Fiquei muito tempo parado. Entrei duas vezes só em campo e, se não me engano, foi com o Oswaldo. Estou voltando agora e acabei sendo titular neste time que é, teoricamente, reserva", explicou. O ataque é o setor de maior concorrência no Palmeiras. Além de Leandro, Marcelo Oliveira conta com mais nove opções. Os outros jogadores da posição são Lucas Barrios, Alecsandro, Cristaldo, Dudu, Gabriel Jesus, Kelvin, Leandro Pereira, Rafael Marques e Mouche.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.