Recurso de Dodô será julgado pelo STJD na quinta-feira

Jogador do Botafogo está suspenso por 120 dias após ser pego no exame antidoping

Bruno Lousada, do Estadão,

30 de julho de 2007 | 20h39

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) irá julgar, em última instância, o recurso do atacante Dodô na quinta-feira, a partir das 14 horas. Flagrado no exame antidoping por uso da substância femproporex (inibidor de apetite), o jogador do Botafogo foi suspenso por 120 dias pela 2.ª Comissão Disciplinar do STJD, na terça-feira passada, e recorreu da decisão.Na ocasião, Dodô foi condenado por unanimidade: 5 votos a 0. O relator do caso será o auditor Alexandre Quadros. O advogado do jogador, Carlos Portinho, vai defender novamente a tese da contaminação da cafeína comprada numa farmácia de manipulação e fornecida pelo clube ao atacante."Ele não pode ser punido por culpa de terceiros", disse Portinho, tendo como base a análise do laboratório da Universidade de São Paulo (USP), na qual deu positiva a contaminação da cafeína produzida pela farmácia.TimeA diretoria do Botafogo demitiu nesta segunda-feira o preparador de goleiros Acácio. A razão: a má atuação do goleiro Júlio César na derrota do time para o Cruzeiro, por 3 a 2, domingo, no Mineirão. Para os dirigentes, o jovem atleta falhou nos três gols da equipe mineira. Para a vaga de Acácio, Evelton Isoppo, que já trabalhou com o técnico Cuca no Criciúma, foi contratado.Além disso, o Botafogo adquiriu por empréstimo (até a metade de 2008) o goleiro Marcos Leandro, reserva no Paraná. Ele deve ser apresentado nesta terça-feira em General Severiano. Outra medida é que o goleiro Júlio César será barrado no jogo de quarta-feira, contra o América-RN, no Espírito Santo. Max é o novo titular da posição.

Tudo o que sabemos sobre:
DodôBotafogo-RJBrasileirão Série A

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.