EFE/Fernando Bizerra
EFE/Fernando Bizerra

Red Bull Bragantino busca empate com Vélez Sarsfield pela Libertadores

Lucas Pratto marca para equipe argentina, que atrapalha missão do time paulista de brigar pela ponta do Grupo C

Redação, Estadão Conteúdo

05 de maio de 2022 | 23h14

Mesmo sem apresentar um bom futebol, o Red Bull Bragantino foi valente e buscou empate com o Vélez Sarsfield na noite desta quinta-feira, por 1 a 1, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Lucas Pratto, ex-Atlético-MG e São Paulo, e Hurtado, marcaram os gols da partida.

O empate mantém o time paulista na vice-liderança do Grupo C, agora com cinco pontos. Cinco pontos a menos que o líder Estudiantes. Já o Vélez Sarsfield segue sem vencer, tem apenas dois pontos e ocupa a lanterna da chave, em situação complicada na briga pela classificação à próxima fase.

Antes de a bola rolar, o Bragantino comunicou que o técnico Maurício Barbieri havia testado positivo para a covid-19. O auxiliar Claudio Maldonado, ex-volante de Corinthians e Cruzeiro, dirigiu o time à beira do campo.

O Bragantino teve muitas dificuldades em passar pela forte marcação do Vélez Sarsfield no primeiro tempo. E, para piorar, os argentinos ainda abriram o placar logo aos 13 minutos, quando Orellano deu ótima assistência para Lucas Pratto, que driblou Cleiton e finalizou para o gol.

Foram raros os momentos em que o time paulista conseguiu envolver os adversários e criar lances de perigo ao goleiro Hoyos. Se por baixo era praticamente impossível, o Red Bull Bragantino apostou em jogadas aéreas, opção que também não funcionou para buscar o empate.

O Vélez foi mais efetivo e perigoso nos contra-ataques. Aos 25, Orellano entrou na área e finalizou para ótima defesa de Cleiton. Depois, aos 37, Pratto deixou a bola passar e novamente Orellano assustou, só que em chute que foi pela linha de fundo.

Após o intervalo, o time argentino seguiu melhor, mas parou no goleiro Cleiton. Aos seis minutos, Pratto cabeceou para defesa do camisa 1. No rebote, Janson chutou forte, obrigando o goleiro a defender no reflexo.

Na reta final da partida, o Bragantino foi para o tudo ou nada e encontrou o empate. Aos 38, Andrés Hurtado aproveitou sobra dentro da área e chutou forte. A bola desviou na marcação e parou no fundo das redes.

O Bragantino volta a campo no dia 17 de maio, quando receberá o Estudiantes, às 19h15, novamente no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Já o Vélez, no dia 18, visitará o Nacional, às 21 horas, no Parque Central, em Montevidéu.

FICHA TÉCNICA:

RED BULL BRAGANTINO 1 x 1 VÉLEZ SARSFIELD

RED BULL BRAGANTINO - Cleiton; Aderlan (Andrés Hurtado), Léo Ortiz, Renan e Ramon; Lucas Evangelista (Jan Hurtado), Eric Ramires e Hyoran (Jadsom Silva); Sorriso (Artur), Ytalo e Helinho (Bruno Tubarão). Técnico: Claudio Maldonado (auxiliar).

VÉLEZ SARSFIELD - Hoyos; Guidara, De los Santos, Valentín Gómez e Ortega; Soñora (Pellegrino), Perrone (Brizuela), Garayalde e Orellano; Janson e Lucas Pratto. Técnico: Julio Vaccari.

GOLS - Lucas Pratto, aos 13 minutos do primeiro tempo. Andrés Hurtado, aos 38 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Léo Ortiz, Artur e Helinho (Red Bull Bragantino); Hoyos e Valentín Gómez (Vélez Sarsfield).

ÁRBITRO - Jhon Ospina (COL).

RENDA - R$ 99.840,00.

PÚBLICO - 5.016 pagantes.

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.