Ari Ferreira/Red Bull Bragantino
Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

Red Bull Bragantino recebe a Ponte para encaminhar vaga nas quartas de final

Equipe de Bragança Paulista está na liderança isolada do Grupo C, com 17 pontos

Redação, Estadão Conteúdo

19 de abril de 2021 | 09h05

O Red Bull Bragantino buscará a terceira vitória consecutiva no Campeonato Paulista Sicredi 2021 nesta segunda-feira, quando receberá a Ponte Preta às 20 horas, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, em duelo antecipado da 11ª rodada do Estadual. Desde o retorno do campeonato, o Red Bull Bragantino venceu duas das três partidas que realizou, sendo as duas vitórias em sequência: Inter de Limeira (2 a 0, fora de casa) e por último o Mirassol (2 a 1, em casa). Antes perdeu para o São Paulo por 1 a 0, no Morumbi.

O retrospecto garantiu o time na liderança isolada do Grupo C, com 17 pontos - seis pontos a mais que o vice-líder Novorizontino, com 11. Caso vença, o Bragantino se aproximará ainda mais da classificação às quartas de final. Já a Ponte Preta entrará em campo animada após a vitória sobre o Santos por 3 a 0, em Campinas. O time campineiro é o terceiro colocado do Grupo B, com sete pontos, e está a três da Ferroviária, vice-líder, mas que tem um jogo a mais: 6 a 5.

No último sábado, o Bragantino atuou contra o Mirassol com seu time considerado reserva, preservando alguns titulares que já haviam jogado na quinta-feira contra a Inter de Limeira. A tendência é que diante da Ponte Preta o técnico Maurício Barbieri volte a escalar os jogadores titulares, caso da dupla de zaga Ligger e Léo Ortiz, volante Lucas Evangelista, o meia Claudinho além dos atacantes Artur e Helinho.

"O intervalo entre um jogo e outro é um período muito curto e eu tenho que respeitar e ter um cuidado com a integridade física de todos. Até por isso a gente vem alternando", justificou Maurício Barbieri sobre a sequência de jogos em curto espaço de tempo no Paulistão. A Ponte Preta deverá entrar em campo com uma base do time que vem atuando, com a possibilidade de o técnico Fábio Moreno poupar alguns jogadores devido ao desgaste físico.

Isso vale para o lateral-direito Apodi e para o meia Camilo, dois dos mais experientes do elenco. Quem deve ser mantido entre os titulares é o atacante João Veras, autor de dois gols contra o Santos. Assim, Paulo Sérgio deverá ficar como opção no banco de reservas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.