Jose Jacome / POOL / AFP
Jose Jacome / POOL / AFP

Red Bull Bragantino supera desfalques e vence Independiente del Valle no Equador

Com gols de Fabrício Bruno e Eric Ramires, time brasileiro vence por 2 a 0 em Quito e se aproxima de vaga nas quartas da Sul-Americana

Redação, Estadão Conteúdo

14 de julho de 2021 | 23h36

Mesmo com desfalques importantes, o Red Bull Bragantino colocou, nesta quarta-feira, um pé nas quartas de final da Copa Sul-Americana ao ganhar do Independiente del Valle, por 2 a 0, no Estádio Banco de Guayaquil, em Quito-EQU, no jogo de ida das oitavas de final.

A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. O Red Bull Bragantino pode perder por até um gol de diferença. Já o Independiente del Valle precisa ganhar por três ou mais, pois vitória por dois leva a decisão para os pênaltis.

O Red Bull Bragantino mostrou eficiência para terminar o primeiro tempo na frente do placar. O jogo estava truncado até os 18 minutos, quando Artur cobrou escanteio e Fabrício Bruno cabeceou para o gol. Isso fez com que os espaços aparecessem e os dois times criassem boas oportunidades.

No segundo tempo, o Red Bull Bragantino voltou com outra postura e, depois de assustar com Cuello e Praxedes, viu as coisas melhorarem aos 12 minutos. Bauman fez falta dura em Edimar e foi expulso com a ajuda do VAR. O segundo gol do time paulista não demorou.

Aos 19, Eric Ramires recebeu passe de Praxedes e mandou no cantinho de Moisés Ramírez. Satisfeito com o resultado, o Red Bull Bragantino tirou o pé do acelerador, mas poderia ter conquistado uma vantagem ainda maior se forçasse um pouco o Independiente del Valle.

FICHA TÉCNICA

INDEPENDIENTE DEL VALLE-EQU 0 X 2 RED BULL BRAGANTINO

INDEPENDIENTE DEL VALLE - Moisés Ramírez; Schunke, Pacho e Segovia; Alan Minda (Landázuri), Previtali, Faravelli (Jhon Sánchez), Bryan García, Gaibor (Gruezo) e Guerrero (Sornoza); Bauman. Técnico: Renato Paiva.

RED BULL BRAGANTINO - Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Edimar; Jadsom Silva, Praxedes e Eric Ramires (Lucas Evangelista); Artur, Ytalo (Alerrandro) e Cuello (Pedrinho). Técnico: Maurício Barbieri.

GOLS - Fabrício Bruno, aos 18 minutos do primeiro tempo; Eric Ramires, aos 19 minutos do segundo tempo

ÁRBITRO - Roberto Tobar (CHI)

CARTÃO VERMELHO - Bauman (Independiente del Valle)

LOCAL - Estádio Banco Guayaquil, em Quito (EQU).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.