José Luís Silva /Ag. Paulistão
José Luís Silva /Ag. Paulistão

Red Bull Bragantino vence o lanterna Novorizontino e dispara no Paulistão

Equipe de Bragança Paulista está na liderança do Grupo D e ocupa a segunda colocação da tabela geral, atrás apenas do Palmeiras

Redação, Estadão Conteúdo

20 de fevereiro de 2022 | 22h43

No confronto dos opostos, disputado neste domingo à noite em Novo Horizonte, o Red Bull Bragantino não precisou se esforçar muito para vencer o Novorizontino, por 3 a 0, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. O vencedor encaminhou a classificação às quartas de finais, enquanto o lanterna está virtualmente rebaixado para a Série A2 em 2023.

Com sua quinta vitória, o time de Bragança Paulista disparou na liderança do Grupo D, com 16 pontos, na frente de Santos (9), Ponte Preta (7) e Santo André (7). Sem vencer e com seis derrotas, o Novorizontino permanece na última posição do Grupo B, com dois pontos, e na lanterna da classificação geral.

Precisando reagir na competição, o Novorizontino começou ligado, tentando pressionar seu adversário que, ao contrário, parecia desligado em campo. O reflexo foi a bola rebatida pelo goleiro Cleiton nos pés de Bruno Silva, após chute de longe de Marcinho. O atacante, sozinho, chutou para fora, em um daqueles lances que não há como desperdiçar. Inconformado, o atacante deu um chute na trave e um bico na placa de publicidade atrás do gol.

Se Bruno Silva tivesse convertido esta chance aos 12 minutos, já seria uma motivação a mais para o time buscar a primeira vitória. Aos 30 minutos, quem apareceu bem foi o goleiro Giovanni, do Novorizontino, que fez quase um milagre, após cabeçada à queima roupa de Miguel. Ele desviou a bola com o corpo para fora.

Num lance parecido, o Bragantino abriu o placar aos 38 minutos. Leandrinho fez o cruzamento do lado esquerdo e Praxedes apareceu de frente para testar com força. Na volta do intervalo, o técnico Allan Aal apresentou Rômulo no lugar de Marcinho, que saiu de campo vaiado pela torcida.

Mas o time entrou em campo sonolento e quase levou o segundo após uma cobrança de lateral. O zagueiro Edson Silva foi enganado pelo quique da bola e Ítalo bateu de primeira. O goleiro Giovanni saltou alto e espalmou por cima do travessão.

Na sequência saiu o outro gol, após um escanteio. Allan Aal ainda soltou um grito dando o alerta: "Vai ser fechado". Não deu outra. Artur, com pé esquerda, cobrou fechado e Luan Cândido apareceu entre dois marcadores para desviar de cabeça, ainda no primeiro minuto.

O Bragantino tirou o pé e o técnico Maurício Barbieri começou a promover trocas para poupar o desgaste de seus jogadores. O Novorizontino, mesmo sem técnica, tentou na garra e perdeu chance incrível aos 28 minutos. Após bate-rebate na área, Léo Tocantins tocou de cabeça ao dar um peixinho, mas o zagueiro Natan salvou ao esticar o pé. A bola tocou no corpo dele e na trave direita antes de sair. Muitas lamentações e a certeza de que a noite seria de azar.

O pior é que saiu o terceiro gol. Antes, Hyoran chutou rasteiro e acertou o pé da trave, com desvio no meio do caminho. Na cobrança de escanteio, de novo com Artur e fechado, o lateral Willean Lepo tentou aliviar de cabeça, mas a bola raspou e entrou contra seu próprio gol.

Pela nona rodada, o Novorizontino vai enfrentar o Santos, na Vila Belmiro, no domingo, a partir das 18h30. O Red Bull Bragantino visita o Corinthians, sábado, às 16 horas.

FICHA TÉCNICA

NOVORIZONTINO 0 X 3 RED BULL BRAGANTINO

NOVORIZONTINO - Giovanni; Willean Lepo, Edson Silva, Bruno Aguiar e Reverson (Guilherme Lazaroni); Léo Baiano, Barba (Anderson Rosa) e Marcinho (Rômulo); Danielzinho (Douglas Baggio), Léo Tocantins (Welinton) e Bruno Silva. Técnico: Allan Aal.

RED BULL BRAGANTINO - Cleiton; Andrés Hurtado, Léo Ortiz (Realpe), Natan e Luan Cândido; Jadsom Silva,Praxedes (Luciano) e Miguel (Hyoran); Artur, Ytalo (Alerrandro) e Leandrinho (Bruno Tubarão). Técnico: Maurício Barbieri.

GOLS - Praxedes, aos 38 minutos do primeiro tempo; Luan Cândido a um e Willean Lepo, contra, aos 40 do segundo.

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira.

CARTÕES AMARELOS - Anderson Rosa (Novorizontino). Jadsom Silva, Cleiton e Praxedes (Red Bull Bragantino).

RENDA - R$ 20.710,00.

PÚBLICO - 1.237 pagantes.

LOCAL - Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.