Red Bull Brasil|Site Oficial
Red Bull Brasil|Site Oficial

Red Bull Brasil conquista sua primeira vitória com goleada sobre o Novorizontino

Time comandado por Alberto Valentim bate o adversário por 5 a 1

O Estado de S.Paulo

22 Fevereiro 2017 | 19h26

O Red Bull Brasil conheceu nesta tarde a sua primeira vitória no Campeonato Paulista, em jogo válido pela quinta rodada. No Moisés Lucarelli, em Campinas, o time de Alberto Valentim goleou o Novorizontino por 5 a 1, com uma grande atuação do trio Misael, Elvis e Elton. O time da casa aproveitou que estava com um jogador a mais desde os 17 minutos para massacrar o oponente.

Com o triunfo, o Red Bull Brasil chegou aos cinco pontos e entrou na zona de classificação à próxima fase do Grupo B, pelo menos de forma provisória. O Novorizontino estacionou nos seis pontos no Grupo C e aguarda o resultado do jogo do Santo André, com cinco, para saber se continua como vice-líder.

Apesar das mudanças no time titular, o Red Bull Brasil conseguiu iniciar o jogo com muito mais intensidade que o adversário. Logo aos quatro minutos, Misael conseguiu quebrar a marcação com três dribles em sequência. Ele serviu Elvis na direita, que tocou de calcanhar e encontrou o Elton. O atacante cruzou na marca do pênalti e Fillipe Soutto completou para as redes.

O gol precoce deu mais tranquilidade ao time da casa. Foi então que, aos 17 minutos, Henrique Santos entrou com a sola da chuteira no joelho de Misael. Sem perdoar, o árbitro Marcelo Aparecido de Souza mostrou o cartão vermelho de forma direta para o volante, que reclamou bastante da marcação.

No primeiro lance de perigo após a expulsão, aos 20 minutos, Alison encontrou Élvis no espaço da marcação. O meia esperou a saída do goleiro Tom e levantou em direção ao segundo pau. Sem marcação, Elton ajeitou o corpo e bateu de bicicleta. A bola ainda quicou no chão antes de estufar as redes. Um golaço do camisa 9 no Moisés Lucarelli.

A vantagem numérica ajudou o Red Bull a dominar o primeiro tempo, mas, assim que a bola rolou para a etapa final, o Novorizontino esboçou uma reação. Aos dez minutos, Everaldo invadiu a grande área em velocidade e acabou derrubado por Willian Magrão. O árbitro assinalou a penalidade. Na cobrança, Alexandro deslocou o goleiro Saulo e diminuiu o placar: 2 a 1.

Mas o sonho de arrancar um ponto fora de casa foi por água baixa pouco tempo depois. Quando o relógio marcava 17 minutos, Misael mais uma vez recebeu em velocidade de Élvis, esperou a saída do goleiro e tocou no meio para Elton, que completou de perna esquerda. Pouco tempo depois, aos 23, o camisa 9 recebeu de novo livre na área e marcou seu terceiro gol, o quarto do seu time no jogo.

Apático, o Novorizontino já não conseguia esboçar nenhuma reação. O técnico Alberto Valentim chegou a tirar o "motorzinho" Misael para a entrada de Branquinho e ainda assim o time da casa conseguiu manter a intensidade. Aos 31 minutos, o lateral-esquerdo Thallyson lançou para Bruno Alves, que dominou, girou em cima da marcação e bateu rasteiro no canto de Tom, que se esticou todo, mas não conseguiu evitar.

Houve chance para o sexto gol, nos acréscimos, o que deixaria o jogo com a maior goleada da competição. Nos acréscimos, em cobrança de pênalti, Elvis cobrou fraco e o goleiro Tom encaixou bem a bola do lado direito.

O Red Bull Brasil volta a campo já no próximo sábado, pela sexta rodada do Campeonato Paulista. Ainda na luta contra a zona de rebaixamento, o time viaja até Sorocaba para enfrentar o São Bento no Estádio Walter Ribeiro, às 17 horas. No mesmo dia, o Novorizontino recebe o São Paulo no Jorge Ismael Biasi, em Novo Horizonte, às 19h30.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRASIL 5 X 1 NOVORIZONTINO

RED BULL BRASIL - Saulo; Lucas Taylor, Willian Magrão (Donato), Luan Peres e Thallyson; Alison, Fillipe Soutto e Elvis; Nixon (Bruno Alves), Misael (Branquinho) e Elton. Técnico: Alberto Valentim.

NOVORIZONTINO - Tom; Railan (Henrique), Jéci, Guilherme Teixeira e João Lucas; Doriva, Henrique Santos e Fernando Gabriel (Caíque); Alexandro (Artur), Cléo Silva e Everaldo. Técnico: Júnior Rocha.

GOLS

Fillipe Soutto, aos quatro minutos, e Elton, aos 20 minutos do primeiro tempo. Alexandro, aos 12, Elton, aos 17 e aos 23, e Bruno Alves, aos 21 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo Aparecido de Souza

CARTÃO AMARELO - Lucas Taylor (Red Bull Brasil)

CARTÃO VERMELHO - Henrique Santos (Novorizontino)

RENDA - R$ 5.310,00

PÚBLICO - 937 pagantes.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.