Red Bull Brasil dispensa Alberto Valentim após decepção no Paulistão

Clube procura um novo nome para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro

Estadao Conteudo

18 Abril 2017 | 19h26

Chegou ao fim o primeiro trabalho de Alberto Valentim como técnico. O comandante dirigiu o Red Bull Brasil no Campeonato Paulista, não conseguiu os resultados esperados e acabou sendo dispensado nesta terça-feira, em reunião com a diretoria do clube. O auxiliar Fernando Miranda foi outro a sair.

Antes de tentar a sorte no Red Bull Brasil, Alberto Valentim fazia parte da comissão técnica efetiva do Palmeiras, como auxiliar direto de Cuca. Mas resolveu deixar o clube já que foi preterido por Eduardo Baptista para assumir o atual campeão brasileiro.

No Paulistão, Alberto Valentim foi bancado pela diretoria até o fim, mas o time foi bastante irregular. Colecionou fracassos, tanto que lutou contra o rebaixamento até a última rodada, escapando ao segurar um empate sem gols diante do Ituano, no estádio Novelli Júnior. O vexame só não foi maior porque conseguiu escapar da queda à Série A2 do Campeonato Paulista, diferente dos rebaixados São Bernardo e Audax.

No Troféu do Interior, tampouco produziu. Ficou apenas na segunda colocação do Grupo B, que teve o Ituano como finalista. No total, foram 12 jogos na primeira fase com três vitórias, quatro empates e cinco derrotas. O ataque marcou 14 gols e a defesa sofreu 16, com dois gols negativos de saldo. No Troféu Interior foram três jogos, com uma vitória e duas derrotas.

O Red Bull Brasil, agora, segue a procura de um novo nome para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro. O time campineiro está no Grupo A14, com Caldense-MG, Espírito Santo-ES e Boavista-RJ.

Mais conteúdo sobre:
Futebol futebol Campeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.