Red Bull Brasil e Ferroviária empatam sem gols na abertura do Paulistão

Time de Campinas perde chance de sair do Moisés Lucarelli com os três pontos ao perder pênalti

Estadão Conteúdo

17 de janeiro de 2018 | 19h22

O Campeonato Paulista começou nesta quarta-feira com um confronto entre Red Bull Brasil e Ferroviária no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), e a rede não balançou. O jogo de abertura terminou em um empate sem gols e teve como maiores emoções um pênalti perdido e uma expulsão, ambos pelo lado dos donos da casa.

+ TABELA - Confira a classificação do Paulistão

+ Campeonato Paulista começa nesta quarta com jeito de ‘laboratório’

Com isso, as duas equipes somam apenas um ponto. O time de Araraquara (SP) está no Grupo C ao lado de Novorizontino, Palmeiras e São Bento, enquanto que o Red Bull Brasil integra o Grupo D com Botafogo, Mirassol e Santos.

A equipe visitante começou a partida mais ligada e deu trabalho logo nos primeiros minutos. Com o tempo, o time da casa conseguiu se organizar e viu a grande chance de abrir o placar aos 19 minutos, quando teve um pênalti marcado a seu favor. No entanto, o goleiro Tadeu defendeu a cobrança de Edmilson.

O Red Bull Brasil não se abateu com o pênalti perdido e dominou o jogo na segunda metade do primeiro tempo, mas não conseguiu manter o ritmo na etapa complementar. Com apenas seis minutos de bola rolando após o intervalo, Rodrigo Andrade recebeu o segundo cartão amarelo por falta em Wellinton Júnior e foi expulso. Com isso, a equipe campineira se fechou e conseguiu segurar o empate sem correr maiores riscos.

A Ferroviária volta a campo às 19 horas deste sábado, quando enfrenta o Ituano, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara. O Red Bull Brasil joga às 19h30 do domingo contra o Santo André, no estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP).

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRASIL 0 x 0 FERROVIÁRIA

RED BULL BRASIL - Julio Cesar; Nininho, Tiago Alves, Ewerton Páscoa e Breno Lopes; André Lopes, Maylson e Rodrigo Andrade; Tatá (Éder Luis), Edmílson (Ricardo Bueno) e Matheus Oliveiro (Deivid). Técnico: Ricardo Catalá.

FERROVIÁRIA - Tadeu; Alisson, Luan, Élton e Daniel Vançan; Bruno Silva, Íkaro (Eliandro) e Elvis (Moacir); Léo Castro, Igor e Wellinton Júnior (Marcos Damasceno). Técnico: PC Oliveira.

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo.

CARTÃO AMARELO - Bruno Silva (Ferroviária).

CARTÃO VERMELHO - Rodrigo Andrade (Red Bull Brasil).

RENDA - R$ 8.140,00.

PÚBLICO - 376 pagantes.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Mais conteúdo sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.