Red Bull Brasil e Ferroviária empatam sem gols na abertura do Paulistão

Time de Campinas perde chance de sair do Moisés Lucarelli com os três pontos ao perder pênalti

Estadão Conteúdo

17 Janeiro 2018 | 19h22

O Campeonato Paulista começou nesta quarta-feira com um confronto entre Red Bull Brasil e Ferroviária no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), e a rede não balançou. O jogo de abertura terminou em um empate sem gols e teve como maiores emoções um pênalti perdido e uma expulsão, ambos pelo lado dos donos da casa.

+ TABELA - Confira a classificação do Paulistão

+ Campeonato Paulista começa nesta quarta com jeito de ‘laboratório’

Com isso, as duas equipes somam apenas um ponto. O time de Araraquara (SP) está no Grupo C ao lado de Novorizontino, Palmeiras e São Bento, enquanto que o Red Bull Brasil integra o Grupo D com Botafogo, Mirassol e Santos.

A equipe visitante começou a partida mais ligada e deu trabalho logo nos primeiros minutos. Com o tempo, o time da casa conseguiu se organizar e viu a grande chance de abrir o placar aos 19 minutos, quando teve um pênalti marcado a seu favor. No entanto, o goleiro Tadeu defendeu a cobrança de Edmilson.

O Red Bull Brasil não se abateu com o pênalti perdido e dominou o jogo na segunda metade do primeiro tempo, mas não conseguiu manter o ritmo na etapa complementar. Com apenas seis minutos de bola rolando após o intervalo, Rodrigo Andrade recebeu o segundo cartão amarelo por falta em Wellinton Júnior e foi expulso. Com isso, a equipe campineira se fechou e conseguiu segurar o empate sem correr maiores riscos.

A Ferroviária volta a campo às 19 horas deste sábado, quando enfrenta o Ituano, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara. O Red Bull Brasil joga às 19h30 do domingo contra o Santo André, no estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP).

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRASIL 0 x 0 FERROVIÁRIA

RED BULL BRASIL - Julio Cesar; Nininho, Tiago Alves, Ewerton Páscoa e Breno Lopes; André Lopes, Maylson e Rodrigo Andrade; Tatá (Éder Luis), Edmílson (Ricardo Bueno) e Matheus Oliveiro (Deivid). Técnico: Ricardo Catalá.

FERROVIÁRIA - Tadeu; Alisson, Luan, Élton e Daniel Vançan; Bruno Silva, Íkaro (Eliandro) e Elvis (Moacir); Léo Castro, Igor e Wellinton Júnior (Marcos Damasceno). Técnico: PC Oliveira.

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo.

CARTÃO AMARELO - Bruno Silva (Ferroviária).

CARTÃO VERMELHO - Rodrigo Andrade (Red Bull Brasil).

RENDA - R$ 8.140,00.

PÚBLICO - 376 pagantes.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Mais conteúdo sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.