Divulgação
Divulgação

Red Bull Brasil vira e Bragantino perde a 3ª seguida no Paulistão

Time de Bragança foi derrotado em casa por 3 a 2 e tem apenas uma vitória na competição, obtida na estreia, contra o São Bernardo

Estadão Conteúdo

11 de fevereiro de 2015 | 21h44

O Bragantino sofreu sua terceira derrota consecutiva no Campeonato Paulista ao sofrer a virada para o Red Bull Brasil, por 3 a 2, nesta quarta-feira à noite, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela quarta rodada do Estadual. O time da casa continua com três pontos no Grupo D, enquanto o Red Bull Brasil chegou aos sete pontos no Grupo A, se reabilitando da derrota para o Santos, por 2 a 1, na rodada passada.

Após a vitória sobre o São Bernardo, por 1 a 0, o Bragantino tinha perdido fora para Ituano e Mogi Mirim. Buscava, portanto, a reabilitação. Não conseguiu. O time de Campinas passa a sonhar com uma vaga no G2, zona de classificação.

O jogo começou com uma blitz do time da casa na saída de bola do visitante. Mas pouco adiantou. Aos poucos, o Red Bull dominou as ações no meio-campo, teve mais volume de jogo e foi mais perigoso. Mas ambos os times criaram poucas chances reais.

O Red Bull só ameaçou num chute de cruzado de Romário, aos 22 minutos, que tirou tinta da trave esquerda de Lauro. O Bragantino levou perigo em finalização cruzada de Diego Maurício por cima do travessão, aos 39.

Logo no início no segundo tempo saiu o gol do Bragantino. Na saída de bola de Lauro, Erick ajeitou com categoria para Diego Maurício que chutou forte no canto esquerdo de Juninho. O Bragantino, porém, não soube aproveitar a vantagem, porque sofreu o empate aos 16 minutos. Gustavo Scarpa arrancou pelo lado esquerdo, recebeu de letra de Edmilson e completou cruzado, deixando tudo igual.

O Red Bull ganhou moral e mostrou mais força dentro de campo. Por isso, virou o jogo aos 24 minutos, quando Edmilson tentou três vezes após cruzamento de Jocinei. Na primeira Lauro defendeu, na segunda Esquerdinha tirou de cabeça em cima da linha, mas na terceira o atacante enfiou a cabeça e mandou para as redes.

Desesperado, o mandante abriu em busca do empate e sofreu o terceiro gol aos 28 minutos. Após lançamento, a defesa parou pedindo impedimento. Edmilson estava impedido, mas deixou a jogada seguir. A bola ficou nos pés do zagueiro William Magrão que tocou por baixo na saída de Lauro. Tudo parecia liquidado. Mas o Bragantino ainda diminuiu aos 41 minutos, quando Bruno Ferreira fez bom passe para Diego Maurício que chutou rasteiro. A bola passou por baixo de Juninho, que falhou no lance.

No sábado, os dois times voltam a campo. De novo, em casa, o Bragantino vai receber o São Paulo, a partir das 18h30. Uma hora mais tarde, o Red Bull Brasil vai buscar a reabilitação em Campinas diante do XV de Piracicaba, a partir das 19h30.

FICHA TÉCNICA

BRAGANTINO 2 x 3 RED BULL

BRAGANTINO - Lauro; Nick (Erick), Renato Santos, Wellington Reis e Uchôa; Adilson Goiano, Graxa (Bruno Ferreira), Esquerdinha e Caio (Diego Macedo); Diego Maurício e Igor. Técnico: Marco Aurélio Moreira.

RED BULL - Juninho; Jonas, William Magrão, Fabiano Eller e Romário; Andrade, Jocinei (Anderson Marques) e Lulinha; Everton Silva (Gustavo Scarpa), Edmílson e Raul (Alan Dias). Técnico: Maurício Barbieri.

GOLS - Diego Maurício, aos quatro, Gustavo Scarpa, aos 16 e Edmilson, aos 24, William Magrão, aos 28 e Diego Maurício aos 41 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Graxa, Diego Maurício e Wellington Reis (Bragantino); Everton Silva, Jocinei e Fabiano Eller (Red Bull).

ÁRBITRO - Leonardo Ferreira Lima.

RENDA - R$ 33.610,00.

PÚBLICO - 6.052 pagantes.

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.