Red Bull Brasil volta a levar gol no final e só empata com o São Bento

O Red Bull Brasil continua sem vencer em casa no Campeonato Paulista. E mais uma vez foi castigado com um gol no final. Em um jogo emocionante e com quatro belos gols, o time de Campinas empatou com o São Bento, por 2 a 2, na noite deste sábado, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O duelo foi válido pela sexta rodada.

Estadão Conteúdo

21 de fevereiro de 2015 | 22h09

O gol de empate dos visitantes foi marcado pelo lateral-esquerdo Marcelo Cordeiro somente aos 42 minutos do segundo tempo. Em cinco dos seis jogos que o Red Bull disputou, acabou sofrendo gols nos minutos finais. O tropeço deixa o time na terceira posição do Grupo A, com oito pontos. Os sorocabanos têm sete pontos, na quarta posição do Grupo B.

Os quatro gols do jogo foram bonitos. O Red Bull saiu na frente aos 28 minutos do primeiro tempo. O meia Lulinha dominou uma bola no alto e, sem deixar cair, bateu no ângulo esquerdo do goleiro Henal. O São Bento empatou na segunda etapa. Aos seis minutos, o meia Éder Loko deu passe calcanhar para o lateral Alex Reinaldo. Ele bateu cruzado, no canto direito do goleiro Gabriel Leite.

O time de Campinas chegou ao segundo gol, mais uma vez numa jogada de rara beleza. Aos 26 minutos, o meia Gustavo Scarpa cobrou falta na barreira. No rebote, ele emendou um lindo chute, de virada, com a bola entrando no ângulo esquerdo do goleiro. O empate, contudo, viria aos 42 minutos. Marcelo Cordeiro bateu uma bela falta, encobrindo Gabriel Leite.

No próximo sábado, às 21 horas, o Red Bull fará o duelo campineiro contra a Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli. Será o primeiro jogo da história entre os dois clubes. Já o São Bento vai encarar o Ituano, na sexta-feira, às 19h30, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, num duelo regional.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRASIL 2 X 2 SÃO BENTO

RED BULL BRASIL - Gabriel Leite; Jonas (Everton Silva), William Magrão, Fabiano Eller e Romário; Andrade (Gustavo Scarpa), Jocinei e Lulinha; Wilson Júnior (Anderson Marques), Edmílson e Raul. Técnico: Maurício Barbieri.

SÃO BENTO - Henal; Alex Reinaldo, Wanderson, João Paulo e Marcelo Cordeiro; Renan Teixeira, Serginho Catarinense, Eder Loko (Romário) e Éder (Diego Barboza); Renan Mota (Chico) e Nilson. Técnico: Paulo Roberto Santos.

GOLS - Lulinha, aos 28 minutos do primeiro tempo. Alex Reinaldo, aos 6, Gustavo Scarpa, aos 26, e Marcelo Cordeiro, aos 42 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Adriano de Assis Miranda.

CARTÕES AMARELOS - Gustavo Scarpa (Red Bull); Alex Reinaldo (São Bento).

RENDA - R$ 10.206,00.

PÚBLICO - 1.086 torcedores.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPaulistãoRed BullSão Bento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.