Reforço argentino afirma que Santos tenta ser o Barcelona

Atacante Máxi Rolón foi apresentado nesta quarta-feira

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

09 de março de 2016 | 16h16

O argentino Maxi Rolón foi apresentado como reforço do Santos nesta quarta-feira, na Vila Belmiro. O atacante, formado nas categorias de base do Barcelona e que atuava no time B, afirmou que tinha propostas do San Lorenzo e de outras equipes, mas preferiu o Santos por se identificar com a equipe paulista. Segundo ele, o Santos tenta jogar como o clube catalão.

"Meu futebol combina com o Santos pela velocidade, troca de passes, ofensividade. Não é como o Barcelona, mas é uma tentativa, e o fazem muito bem", afirmou o atacante em entrevista coletiva nesta quarta-feira na Vila Belmiro.

Rolón afirma que também se identifica com o futebol brasileiro. "Eu tinha proposta do San Lorenzo e de outras equipes, mas veio a do Santos e não pensei duas vezes. É um clube que eu vejo desde pequeno. Não queria voltar para a Argentina porque o futebol é diferente. Meu futebol é o do Brasil. Espero que eu vá bem", completou o jogador.

Rolón foi contratado pela diretoria sem que o técnico Dorival Junior fosse consultado. O atacante afirma que pretende trabalhar para conquistar a confiança do treinador. "Treinador (Dorival Júnior) não me conhecia, mas falei com ele, me viu nos treinos. Vou tratar de fazer as coisas bem para que ele me dê chances",  disse o argentino que vai atuar com a camisa 31.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.