Divulgação/Cruzeiro
Divulgação/Cruzeiro

Reforço, Claudinho é apresentado e inicia treinos no Cruzeiro: 'Sonho de criança'

Meia de 19 anos veio da Ferroviária e chega como reforço para a disputa do Brasileiro da Série B

Redação, Estadão Conteúdo

13 de julho de 2020 | 13h11

Recém-contratado pelo Cruzeiro, o meia Claudinho iniciou nesta segunda-feira a sua rotina de atleta do clube. Na Toca da Raposa II, ele realizou seu primeiro trabalho físico e concedeu sua entrevista de apresentação. E se declarou realizado por chegar a um dos principais clubes do futebol nacional com apenas 19 anos.

"Bom demais estar no Cruzeiro, ainda mais para alguém que veio de categorias de base. Estou realizando um sonho de criança. Agora é trabalhar muito para que eu possa fazer história aqui no Clube", declarou.

Na chegada ao Cruzeiro, Claudinho reencontrou um ex-companheiro da Ferroviária, o lateral-esquerdo Patrick Brey. "Me recepcionaram muito bem. Do elenco eu já conhecia o Brey, que jogou comigo pela Ferroviária. Quando cheguei, todo mundo veio me cumprimentar, me desejar as boas-vindas, o que foi muito bom", complementou.

Nesta segunda, Claudinho treinou ao lado do zagueiro Paulo, recém-promovido do elenco de juniores, na retomada das atividades do elenco após dois dias de folga. Já Riquelmo e Guilherme, também oriundos das divisões de base, trabalharam com os demais atletas, sob o comando do técnico Enderson Moreira.

O Cruzeiro pagou R$ 2 milhões por 70% dos direitos econômicos de Claudinho, que assinou um acordo até julho de 2025. O jogador, de 19 anos, chegou à base da Ferroviária em 2018, após passagem pelo Noroeste. E disputou 12 jogos entre os profissionais nesta temporada.

Antes de Claudinho, o Cruzeiro se reforçou durante a paralisação das competições com Raúl Cáceres, Régis e Gui Mendes, além de Iván Angulo, teve os retornos de Lucas França, Henrique e Patrick Brey de empréstimos e reintegrou ao elenco Marcelo Hermes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.