Evelson de Freitas/AE
Evelson de Freitas/AE

Reforço corintiano, Chiquinho prefere atuar mais avançado, na meia ou ponta-esquerda

Apresentado nesta quinta-feira, jogador não pensa na lateral e quer brigar por posição de Jorge Henrique

VÍTOR MARQUES, Agência Estado

23 de agosto de 2012 | 18h50

SÃO PAULO - O Corinthians apresentou nesta quinta-feira o seu sexto reforço desde a conquista do título da Copa Libertadores. O novo corintiano é Chiquinho, de 23 anos, que chega vindo do Ipatinga, time que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro. Contratado para jogar na lateral-esquerda, ele chegou avisando que atua na mesma posição que Jorge Henrique.

"Prefiro jogar de ponta-esquerda, meia, mais ou menos na posição onde o Jorge Henrique vinha jogando. Mas se não tiver ninguém na posição (lateral esquerda), vou jogar, estou aí para jogar", comentou Chiquinho, ao ser apresentado no CT do Parque Ecológico, na tarde desta quinta-feira.

O jogador que assinou contrato por empréstimo até o fim de 2013 com o Corinthians vinha atuando como meia no Ipatinga, mas também havia se destacado como lateral-esquerdo. Como há uma deficiência no elenco alvinegro nesta posição desde que Ramon foi para o Flamengo, a expectativa é que ele possa ser o reserva de Fábio Santos.

"No Ipatinga, o lateral-esquerdo se machucou, mas minha posição de origem é meia, chego bem na frente e bato no gol", contou o reforço alvinegro, que surpreendeu seus companheiros no time mineiro quando disse que estava à caminho do campeão da Libertadores. "Todo mundo ficou de boca aberta (no Ipatinga) quando eu disse que estava me transferindo para o Corinthians, ninguém esperava, mas depois todo mundo ficou superfeliz."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.