Rodrigo Fatturi/Divulgação
Rodrigo Fatturi/Divulgação

Reforço, Cristian Rodríguez faz primeiro treinamento no Grêmio

Uruguaio trabalha forte para estrear no domingo, contra o Cruzeiro

Estadão Conteúdo

12 Março 2015 | 12h38

A manhã de quinta-feira foi de treino para o Grêmio. No dia seguinte ao triunfo por 1 a 0 sobre o Ypiranga, em Erechim, pela décima rodada do Campeonato Gaúcho, o time iniciou a sua preparação para o próximo compromisso no torneio estadual com uma atividade no CT Luiz Carvalho que teve a presença do meia Cristian Rodríguez, aumentando a expectativa para que ele estreie já no próximo fim de semana, desde que tenha o seu contrato regularizado.

Recém-contratado, o jogador uruguaio chegou a Porto Alegre na última terça-feira, recepcionado com festa pelos torcedores no Aeroporto Salgado Filho, e foi apresentado no dia seguinte na Arena Grêmio. Agora, Cristian Rodríguez passa a fazer parte da rotina de atividades da sua nova equipe. 

Ao lado dos atletas que não participaram do triunfo sobre o Ypiranga - o time só chegou à Porto Alegre por voltas das 7 horas da manhã desta quinta-feira -, o meia uruguaio fez o seu primeiro treinamento com os companheiros de clube. Cristian Rodríguez também teve a companhia do meio-campista Maicon, outro reforço gremista, na atividade, um trabalho de movimentação com a bola, em campo reduzido, comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari. 

O Grêmio vai enfrentar o Cruzeiro de Porto Alegre no próximo sábado, às 18h30, na Arena. Para esse duelo, Felipão não poderá contar com o atacante Yuri Mamute, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e com o volante Fellipe Bastos, que também recebeu a terceira advertência e ainda foi expulso, o que o levará a também ficar de fora do confronto com o Lajeadense, em 22 de março. 

Os substitutos devem ser conhecidos nesta sexta-feira, em treinamento marcado para as 10h30 no CT do clube, o último antes do duelo com o Cruzeiro. Com a vitória de quarta-feira, o Grêmio chegou aos 17 pontos e está em terceiro lugar no Campeonato Gaúcho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.