Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Reforços chegam ao Palmeiras e não temem pressão em novo desafio

Clube alviverde apresenta o atacante Max Santos e o volante João Vitor

AE, Agência Estado

26 de janeiro de 2011 | 15h45

SÃO PAULO - O Palmeiras apresentou nesta quarta-feira mais dois reforços para a temporada de 2011. Na Academia de Futebol da Barra Funda (zona oeste de São Paulo), logo após o último treino de preparação para o jogo contra o Paulista, nesta quinta, no Pacaembu, o atacante Max Santos e o volante João Vitor vestiram a camisa alviverde e garantiram que não tem a pressão por jogarem agora em uma grande clube.

Max Santos, que não quer mais ser chamado de Max Pardalzinho, disse estar realizando um sonho e sabe que o desafio de vestir a camisa do Palmeiras é grande. "Todo time tem pressão, mas aqui a responsabilidade é bem maior, pois o Palmeiras nem se compara com os outros. Só de estar aqui é um sonho enorme e agora vou buscar meu espaço", afirmou o atacante que veio do Vila Nova, de Goiás.

Apesar da pouca idade (22 anos), João Vitor garantiu estar preparado para eventuais cobranças. "Sabemos que a pressão aqui é grande e tem que ser mesmo porque o Palmeiras é um clube muito grande, mas nós estamos prontos para encarar o desafio e dispostos a fazer o Palmeiras voltar a ser vitorioso", comentou o atleta, que veio do Prudente e, assim como Max Santos, assinou um contrato de empréstimo de dois anos.

Com relação ao estilo de jogo, o novo atacante palmeirense revelou que se espelha muito em Denilson, pentacampeão mundial com a seleção brasileira e que passou pelo clube de Palestra Itália em 2008. "Eu sou um atacante de atuar mais pelos lados, procuro muito a linha de fundo e gosto de driblar, de partir para cima do adversário", destacou Max Santos.

Já o novo volante palmeirense se definiu como "um volante que gosta de tocar bola, sair para receber e subir ao ataque". Disposto a ajudar o técnico Luiz Felipe Scolari, João Vitor se colocou à disposição para exercer outras funções em campo. "O que o professor (Felipão) pedir para fazer, estou disposto a ajudar".

Para a partida desta quinta, apenas João Vitor teve sua documentação regularizada e foi relacionado por Felipão. Max Santos ainda precisa de mais treinos físicos para readquirir a forma.

Veja também:

linkFelipão não confirma se Marcos será titular

linkDanilo está de saída e Chico, perto do Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.