Refugiado sírio e seus filhos realizam sonho de conhecer o Real Madrid

Osama Abdul Mohsen verá o time em ação no Santiago Bernabéu

O Estado de S. Paulo

18 de setembro de 2015 | 10h50

O refugiado sírio Osama Abdul Mohsen, que ficou conhecido mundialmente depois de ser vítima de uma rasteira da cinegrafista húngara Petra Laszlo quando tentava cruzar a fronteira da Hungria com a Sérvia, teve a chance de levar os filhos Zied e Mohammad para conhecer mais de perto o Real Madrid, seu time do coração, na quinta-feira.

“É um sonho tornado realidade. Amo o Real Madrid, é a minha equipa favorita e de toda a minha família. Estou muito agradecido pela recepção do presidente. Na Síria sonhávamos em assistir a um jogo do Real Madrid, e agora será realidade. Estou muito feliz", exaltou.

Eles foram recebidos por Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, e puderam admirar os troféus da equipe madrilenha de futebol e basquete e conhecer o Estádio Santiago Bernabéu. Osama e os filhos também foram convidados para assistir ao jogo entre o Real Madrid e o Granada no próximo sábado, às 11 horas, pela 4ª rodada do Campeonato Espanhol.

Here is how Uosama, Zied and Mohammad, symbols of the Syrian refugee crisis, fulfilled their Madridista dream 󾬖⚽Así vivieron Uosama, Zied y Mohammad, un símbolo de los refugiados sirios, su sueño madridista 󾬖⚽Posted by Real Madrid C.F. on Sexta, 18 de setembro de 2015

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.