Nelson Perez/Fluminense
Nelson Perez/Fluminense

Reginaldo festeja evolução da zaga do Flu e projeta vitória contra o São Paulo

Setor defensivo passou ileso na vitória por 3 a 0 contra o Avaí

O Estado de S.Paulo

22 de junho de 2017 | 16h02

O zagueiro Reginaldo, do Fluminense, projeta um duelo difícil contra o São Paulo, no próximo domingo, às 16 horas, no Morumbi, pela décima rodada do Brasileirão, devido à força do adversário em sua casa e também ao fato de o time paulista estar em uma sequência de resultados negativos. Entretanto, o defensor aposta em mais uma boa atuação da sua equipe fora do Rio e na vitória diante do rival, depois de o time ter derrotado o Avaí por 3 a 0, em Santa Catarina, na noite da última quarta-feira.

"O São Paulo vem de duas derrotas e, sem dúvida, eles são favoritos por jogar em casa. Mas vamos treinar e estudar bem o time, ver o que o professor (Abel Braga) tem para nos passar e, se Deus quiser, voltar de lá com mais três pontos. Vai ser um jogo difícil e esperamos ter a mesma façanha de ontem em Florianópolis", destacou o zagueiro ao desembarcar na capital fluminense vindo de Florianópolis.

Mais do que o placar elástico conquistado diante do Avaí no estádio da Ressacada, Reginaldo - considerado um dos destaques da partida - comemorou a boa atuação da zaga no embate e demonstrou alívio pela forte cobrança por resultados por parte do treinador Abel Braga.

"Importância muito grande de não levar gols, é uma felicidade da parte defensiva de sair da partida sem tomar gol. Sem dúvida nenhuma, esses três pontos fora de casa são muito importantes pra nós. Não só o Abel, mas tem uma cobrança interna de nós mesmos. Começamos bem o ano, tomando pouquíssimos gols e depois tomamos bastante. Ontem, felizmente, retomamos essa façanha de encerrar a partida sem tomar gols", frisou Reginaldo.

Antes da partida contra o Avaí, o Fluminense tomou sete gols nos três jogos anteriores que disputou. Primeiro nas derrotas por 3 a 1 para o Palmeiras, em São Paulo, e 2 a 0 para o Grêmio, no Rio, e depois no empate por 2 a 2 no clássico com o Fluminense, novamente no Maracanã.

A vitória diante do time catarinense colocou o Fluminense na sexta posição do Campeonato Brasileiro, com 14 pontos, na abertura desta nona rodada. O time carioca também passou a ter o segundo melhor ataque do torneio, com 16 gols, atrás apenas do Grêmio, com 21.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolfutebolFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.