Régis não aceita reserva no São Paulo

O ambiente do São Paulo não é só alegria. O zagueiro Régis está revoltado por ter perdido a posição de titular às vésperas da final do Campeonato Paulista, domingo, contra o Corinthians. E não se conforma em ver no seu lugar o improvisado Gustavo Nery."Eu não vou aceitar porque não vim de um timinho qualquer. Fui titular quatro anos e meio no Internacional e dois no Fluminense. São clubes grandes e respeitados no Brasil. É duro perder a posição e não saber nem a razão. O Oswaldo é o comandante e faz o que quer. Mas ele não me deu nenhuma explicação. Só que não vou falar mais nada. A vida tem que seguir", disse o irritado Régis.O zagueiro afirmou que não tinha a menor idéia de que iria sair do time titular. "Criticaram tanto a defesa e agora sou afastado. Pode ficar a impressão de que era eu o culpado. Não posso aceitar isso."Mas é bom Régis se conformar. "Vou manter o Gustavo Nery e o Jean. Já falei para todos que os melhores jogam e pronto. O Régis sabe disso e vamos seguir a vida aqui", afirmou Oswaldo de Oliveira.Mas tudo irá ficar ainda pior para Régis. A chegada do zagueiro Luiz Alberto será anunciada depois do final do Paulista. "Conversei com os dirigentes da Real Sociedad e a negociação está adiantada", disse o diretor de futebol do clube, Carlos Augusto. Na verdade, Luiz Alberto já acertou seu empréstimo por um ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.