Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Regularidade  vira motivo de orgulho ao elenco do Palmeiras

Time está há oito jogos sem derrotas na temporada

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2015 | 17h16

Um dos pontos mais preocupantes do Palmeiras ao longo da temporada, mesmo no começo do trabalho do técnico Marcelo Oliveira era a irregularidade que o time demonstrava dentro de campo. A equipe era capaz de, após uma grande atuação, ter uma exibição pífia na rodada seguinte. Isso parece ter terminado e os atletas comemoram o fato do Alviverde completar oito partidas sem derrotas.

Com a goleada por 4 a 1 sobre o Vasco, domingo, no Rio de Janeiro, o Palmeiras chegou aos 28 pontos e o quarto lugar na tabela. E a diferença para o líder Atlético-MG é de apenas quatro pontos e para o vice-líder (Corinthians) somente dois.

“Não tivemos um começo de Brasileiro bom, mas já conseguimos nos equilibrar com as outras equipes e precisamos manter os pés no chão. Nossa equipe vem forte”, disse o atacante Dudu, que, assim como o time, evoluiu bastante nas mãos do técnico Marcelo Oliveira.

Com a boa fase em alta, a missão de Marcelo Oliveira é evitar que o elenco entre no embalo da torcida. A ordem é conter a euforia exagerada.

“A vitória foi importante e aumentamos nosso aproveitamento fora. Já passamos de 50% e isso é importante em pontos corridos. Mas é preciso ter tranquilidade. O próximo jogo será muito difícil, mais importante e uma decisão para nós”, disse o comandante palmeirense.

O elenco do Palmeiras ganhou folga nesta segunda-feira e volta aos treinos na terça-feira à tarde. Antes, o meia Fellype Gabriel será apresentado como novo reforço da equipe. Ele já está registrado no BID e pode até aparecer entre os relacionados na partida contra o Atlético-PR, domingo, às 11h, no Allianz Parque.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.