Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Reinaldo credita gols pelo São Paulo em clássico a 'canhota calibrada'

Lateral marcou duas vezes - um deles em falha de Cássio - na vitória sobre o Corinthians por 3 a 1 neste sábado

Estadão Conteúdo

22 de julho de 2018 | 10h42

O lateral-esquerdo Reinaldo comemorou a pontaria dele na partida deste sábado, quando o São Paulo venceu o Corinthians por 3 a 1, no Morumbi, em São Paulo. O jogador foi autor de dois gols no clássico, triunfo que deixou a equipe, vice-líder do torneio após 14 rodadas, com 29 pontos ganhos.

+ Após falha de Cássio, São Paulo vence o Corinthians com sobras no Morumbi

+ Aguirre evita euforia citando Copa como exemplo e vê 'sorte' de Reinaldo

+ Loss fala em 'reinventar' Corinthians após perder oitavo atleta desde a Copa

"Eu estava com a canhota calibrada, consegui ajudar o São Paulo. Todo mundo está feliz de estar aqui. Estamos fechados e formamos uma família. E, assim, fica difícil ganhar da gente", afirmou Reinaldo após a partida. O lateral-esquerdo lembrou dos períodos em que foi cedido a outros times.

"Gostaria de agradecer aos meus companheiros, porque também me ajudam bastante. Quando tomei a decisão de voltar ao clube, após os empréstimos para Ponte Preta e Chapecoense, coloquei na cabeça que queria ajudar o São Paulo. E fui honrado com os dois gols no clássico. Trabalho bastante para ajudar, e felizmente fui recompensado", comentou.

Quem também comemorou muito o resultado foi o técnico Diego Aguirre. "Nós sentimos o futebol a partir da entrega, do sacrifício, de brigar por cada bola. Os jogadores estão dando o máximo. Eu sinto orgulho por eles e identificação com o um time, que quer ganhar e luta por isso. Vamos ganhar e perder, mas o que não pode mudar é a entrega, o sacrifício a cada jogo, a cada bola. Mas também estamos jogando bem", disse o uruguaio.

Foi o segundo triunfo em dois jogos realizado depois da retomada do Brasileirão, que foi paralisado durante a Copa do Mundo. "Essa vitória foi importantíssima. Mas, para mim, foi tão importante quanto aquela contra o Flamengo (1 a 0), na quarta-feira, pela importância da tabela. Poderíamos ter perdido e ficado muito longe. Sei que é um clássico e significa muito para a torcida. Temos de estar em cima, brigando. Essa vitória foi espetacular e temos de continuar assim", comentou o técnico.

A próxima partida do São Paulo no Brasileirão será contra o Grêmio, às 19h30 desta quinta-feira, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Se vencer e o Flamengo pelo menos empatar com o Santos, na Vila Belmiro, a equipe de Aguirre vai se tornar líder do Brasileirão.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.