Érico Leonan / São Paulo
Érico Leonan / São Paulo

Reinaldo desfalca São Paulo pelo 3º dia seguido, mas deve jogar

Lateral-esquerdo se recupera de uma forte gripe e não treina mais uma vez em campo; Everton trabalha com bola

O Estado de S. Paulo

31 Outubro 2018 | 15h54

O lateral-esquerdo Reinaldo virou uma preocupação de última hora para o São Paulo. Nesta quarta-feira, ele não participou do treino com bola mais uma vez, a exemplo do que já acontecera nois dois dias anteriores. Recuperando-se de uma forte gripe, ele permaneceu dentro do Reffis fazendo exercícios. Apesar da ausência, a tendência é que esteja à disposição para o jogo contra o Flamengo, domingo, às 17h, no Morumbi, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Por outro lado, um atleta que parecia já descartado dessa partida segue dando sinais de recuperação, apesar de ainda inspirar cuidados. O meia-atacante Everton, que sofreu um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda, seguiu a programação da comissão técnica e integrou parte dos exercícios com o elenco. O camisa 22 participou da primeira parte do treino e atuou como curinga para evitar os choques acidentais neste processo de transição.

A ideia da comissão técnica é de prepará-lo para o clássico contra o Corinthians, na rodada seguinte. O duelo está marcado para o dia 10 de novembro, em Itaquera. No período em que não esteve à disposição, Everton desfalcou o time nos últimos três confrontos (Internacional, Atlético-PR e Vitória).

Outra novidade do dia foi o retorno do auxiliar técnico André Jardine, que passou um período na Europa acompanhando treinamentos e jogos. Jardine, que durante muito tempo foi treinador do time sub-20 do São Paulo, é o elo das categorias de base do clube com o técnico Diego Aguirre. Neste ano, diversos atletas das divisões inferiores foram integrados ao profissional, como Helinho, Igor Gomes, Antony e Luan.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.