NELSON ALMEIDA / AFP
NELSON ALMEIDA / AFP

Reinaldo Rueda deixa seleção da Colômbia após fracasso nas Eliminatórias da Copa

Ex-treinador do Flamengo teve maus resultados e não conseguiu conduzir colombianos ao Mundial do Catar

AFP, O Estado de S.Paulo

18 de abril de 2022 | 21h56

Reinaldo Rueda deixou o comando da seleção da Colômbia, após não conseguir a classificação para a Copa do Mundo de 2022 nas Eliminatórias Sul-Americanas, informou nesta segunda-feira a Federação Colombiana de Futebol (FCF). Os colombianos participaram dos Mundiais do Brasil (2014) e da Rússia (2018) e era uma das favoritas na disputada por um posto no Catar.

"O Comitê Executivo da Federação Colombiana de Futebol entrou em acordo com o professor Reinaldo Rueda para sua desvinculação do cargo de treinador da seleção, assim como de sua comissão técnica", diz o comunicado da FCF.

Rueda, de 65 anos, assumiu a Colômbia em janeiro de 2021 e encontrou um time em crise, que vinha de uma goleada para o Equador em Quito por 6 a 1, a maior da história do confronto. Antes, ele havia conduzido a seleção chilena em algumas partidas no início do ciclo.

Na estreia, conseguiu uma vitória por 3 a 0 contra o Peru em Lima. Mais tarde nas Eliminatórias, emendou uma série de sete jogos sem vencer - e sem sequer marcar um gol. Depois das derrotas, não conseguiu retomar o bom rendimento e terminou na 6ª posição, um ponto atrás do Peru, que disputará a repescagem com a Austrália.

Na Copa América de 2021, foi eliminado nas semifinais pela Argentina, posteriormente campeã, e conseguiu o terceiro lugar.

Rueda foi treinador do Flamengo em 2017, quando foi vice-campeão com o time carioca da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana. Sua principal conquista foi em 2016, quando venceu a Copa Libertadores, com o Atlético Nacional de Medellín.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.