Remo do Brasil busca vaga nos Jogos

A seleção brasileira de remo embarca nesta terça-feira à noite para a disputa do Pré-Olímpico Latino-Americano da modalidade, em El Salvador, entre os dias 14 e 15. O técnico da equipe, o argentino Ricardo Ibarra, não quis fazer previsões sobre o número de atletas que o País poderá classificar, mas disse acreditar que pelo menos o desempenho obtido para Sydney deverá se repetir, quando um remador obteve a vaga."O Anderson (Nocetti) no Single Skiff é o que tem mais chances de se classificar. Já foi à Olimpíada de Sydney, teremos seis vagas em disputa e isso facilita", disse o técnico da seleção. "Agora, a tarefa para o feminino, no Double Skiff Peso Leve (Marilene Barbosa e Ana Carolina Custódio) é mais difícil. São três vagas e vamos disputá-las com Argentina, Chile, México e Cuba." Apesar da responsabilidade, Nocetti destacou estar tranqüilo. Lembrou que seus principais adversários na busca pela classificação serão chilenos e cubanos e ainda demonstrou confiança ao afirmar que tem condições de ser o campeão do Pré-olímpico. Além de dele, Marilene e Ana Carolina, o Brasil será representado em El Salvador por Fabiana Beltrame (Single Skiff), Thiago Gomes e José Carlos Sobral Júnior (Double Skiff Peso Leve).E enquanto alguns remadores estarão competindo, Allan Bitencourt e Gibran Vieira (Dois Sem), e Alexandre Altair e Marcelus Marcili, (Double Skiff), permanecerão treinando em Porto Alegre para a disputa do Pré-Olímpico Europeu, entre os dias 16 e 22 de junho, na Suíça. Mas a participação dos atletas na competição ainda não foi confirmada pela Confederação Brasileira de Remo (CBR) porque faltam recursos financeiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.