Renan Barão passa mal em pesagem e está fora do UFC 177

Brasileiro tentava recuperar o cinturão dos pesos galos do americano T.J. Dillashaw; Joe Soto será o substituto

Fernando Arbex, O Estado de S. Paulo

29 de agosto de 2014 | 19h52

O lutador brasileiro Renan Barão passou mal durante o processo de perda de peso antes da pesagem oficial do UFC 177, marcada para esta sexta-feira, e está fora do evento que será realizado neste sábado em Sacramento, nos Estados Unidos. O ex-campeão da categoria dos galos do Ultimate (limite de 61,2 Kg) tentaria recuperar o título da divisão em uma revanche contra o norte-americano T.J. Dillashaw, que agora defenderá o cinturão contra seu compatriota Joe Soto.

Campeão interino dos pesos galos ente julho de 2012 e janeiro de 2014, Barão foi promovido a campeão oficial no começo desse ano porque Dominick Cruz não se recuperou de lesão a tempo para que os cinturões fossem unificados. Desde então, o potiguar bateu Urijah Faber por nocaute técnico em fevereiro, no UFC 169, mas três meses depois foi dele a vez de ser derrotado por nocaute técnico, no UFC 173, quando perdeu o título para Dillashaw. 

O revés (apenas o segundo na carreira do brasileiro) significou o fim de uma invencibilidade de nove anos e 33 lutas, retrospecto que convenceu o UFC a lhe dar uma revanche imediata que, pelo menos por enquanto, não tem mais data para acontecer. Ex-campeão do Tachi Palace Fights - uma promotora de MMA de menor porte -, Soto deixou sua antiga organização e assinou com o Ultimate, que havia agendado um duelo entre o atleta contra o também norte-americano Anthony Birchak para o UFC 177.

Também no sábado, a paraibana Bethe "Pitbull" Correia enfrentará a norte-americana Shayna Baszler - pela categoria feminina dos galos (limite de 61,2 Kg) -, enquanto o amazonense Carlos Diego Ferreira vai encarar o norte-americano Ramsey Nijem - pela divisão dos leves (limite de 10,3 Kg). Sem adversário, Birchak foi retirado do evento.

Tudo o que sabemos sobre:
LutasUFC 177

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.