Renato aponta Grêmio superior, mas aprova empate

O técnico Renato Gaúcho avaliou que o Grêmio foi superior ao Corinthians no empate por 0 a 0 no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, mas não considerou que o resultado da partida disputada no Estádio do Pacaembu, na noite de quarta-feira, tenha sido ruim. "As melhores oportunidades foram nossas, poderíamos ter vencido", disse.

AE, Agência Estado

26 de setembro de 2013 | 10h05

A igualdade obriga o Grêmio a derrotar o Corinthians no jogo de volta, marcado para o dia 23 de outubro, em Porto Alegre. Renato acredita que o seu time tem chances reais de avançar. "Nada está decidido. A Copa do Brasil é mata-mata. Foram os primeiros 90 minutos. Em Porto Alegre, tem a segunda parte e podemos conquistar a classificação", afirmou.

O treinador gremista voltou a sair em defesa do atacante Barcos, que completou o quarto jogo sem fazer gols, mas segue como titular absoluto. "Continuo satisfeito com o Barcos. Ele é um jogador inteligente, que faz gols e me agrada, assim como o Kleber. Você não encontra um jogador que jogue bem todos os jogos", comentou.

Após a partida com o Corinthians, o Grêmio volta a se concentrar no Campeonato Brasileiro. Em quarto lugar, com 39 pontos, o time vai enfrentar o São Paulo, no Estádio do Morumbi, pela 24ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.