Renato Augusto ignora rival e promete Vasco lutador

As rodadas finais do Campeonato Brasileiro estão sendo encaradas pelo volante Renato Augusto no Vasco como decisões de título. Apesar do time ter poucas pretensões, a promessa vem recebendo as suas primeiras chances na equipe e prometeu dedicação total diante do Corinthians, domingo, no Estádio do Pacaembu.

AE, Agência Estado

24 de novembro de 2010 | 14h48

"Tenho que continuar dando a vida nos jogos, porque o campeonato ainda não acabou. No domingo, vou continuar fazendo meu papel. Vou procurar roubar a bola, distribuir as jogadas e dar a vida. Vamos jogar em São Paulo, com o intuito de ganhar o jogo", afirmou, sem se preocupar com o rival Fluminense, que será beneficiado com um triunfo do Vasco.

Renato Augusto ainda comemora o seu primeiro gol como profissional, marcado na derrota para o Cruzeiro por 3 a 1. "A emoção foi indescritível, pelo fato de estar na minha terra [Minas Gerais] e da minha família estar presente. Minha mãe ficou emocionada. Lógico que eu queria mesmo a vitória, mas este jogo foi muito importante para mim. Foi o jogo mais importante da minha vida", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.