Lucas Uebel/ Gremio
Lucas Uebel/ Gremio

Renato celebra atuação dos reservas do Grêmio em empate: 'Confio neles'

Partida contra o Santos terminou em 1 a 1

Estadão Conteúdo

17 Outubro 2016 | 10h02

O técnico Renato Gaúcho surpreendeu no domingo ao levar o Grêmio a campo para encarar o Santos, na Vila Belmiro, com um time composto por reservas. Mesmo diante do forte adversário, os garotos corresponderam e arrancaram um empate por 1 a 1, pelo Campeonato Brasileiro. A atuação e o resultado foram celebrados pelo treinador.

"Em primeiro lugar, acima de tudo, se eu coloquei essa equipe é porque eu confio nessa garotada. Treinei essa equipe na última sexta, tenho visto eles treinando, têm me passado uma confiança. Não tive medo algum de colocar esse time para jogar. Conversei com todo mundo. A equipe foi valente, obedeceu taticamente o que foi pedido para eles. Saímos com um ponto, e fico feliz", comentou.

Renato optou por esta escalação alternativa por causa da decisão que terá no meio de semana pela Copa do Brasil, já que o Grêmio pega o Palmeiras em São Paulo na quarta-feira, pela volta das quartas de final - venceu na ida por 2 a 1. O treinador, no entanto, fez questão de esclarecer que não faria esta escolha se não confiasse nos seus jogadores.

"Fico contente porque tenho mais opções. É dar continuidade. Foi uma surpresa, mas sei o que estou fazendo. Final de temporada, equipe desgastada, tivemos decisão com o Palmeiras e depois no Mineirão não foi a mesma coisa, o pessoal estava cansado. Ao final do jogo contra o Atlético-PR, alguns estavam sentindo. Amadureci a ideia porque confiava neles", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.