Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Renato Chaves quer Fluminense atento na defesa contra Goiás pela Copa do Brasil

Tricolor enfrenta goianos na quinta-feira, fora de casa

Estadão Conteúdo

12 de abril de 2017 | 17h42

O zagueiro Renato Chaves cobrou atenção do Fluminense para não sofrer gols e empenho da equipe no ataque na partida contra o Goiás, nesta quinta-feira, às 21h30, no Serra Dourada, no primeiro confronto entre os clubes pela quarta fase da Copa do Brasil.

"O Goiás em casa é um time muito forte e temos que entrar bem atentos. Mas vamos atuar do mesmo jeito que estamos fazendo na temporada. Não mudaremos o nosso estilo de jogo, que é para frente, para tentar um bom resultado", enfatizou o jogador.

Nesta edição da competição, o time carioca jogou quatro vezes. Foram três vitórias e um empate. A equipe marcou 12 gols, sendo nove deles atuando como visitante. A importância de marcar na casa do adversário também foi destacada por Renato Chaves.

"A Copa do Brasil é um campeonato diferente. Vale muito o gol fora de casa. Buscaremos marcar gols, que é o nosso objetivo. Claro que procuraremos não sofrer gols, o que também é muito importante", completou.

Neste confronto, Renato Chaves deverá ter a companhia na zaga do capitão Henrique, que sentiu dores no tornozelo durante o treino desta terça, mas se recuperou durante a atividade.

Nesta quarta-feira, o elenco do Fluminense treinou no CT Pedro Antonio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Após as atividades, a delegação seguiu para Goiânia.

Apesar de o técnico Abel Braga não ter divulgado a escalação, a tendência é que o Fluminense entre em campo com a seguinte formação: Diego Cavalieri; Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Orejuela, Douglas (Wendel) e Sornoza; Wellington, Richarlison e Henrique Dourado.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolFluminenseCopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.