Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Renato contém euforia dos atletas, mas diz: 'Torcedor tem que tirar onda mesmo'

"Hoje é o Grêmio, amanhã é outro clube. Mas podem ter certeza que dos portões para dentro o discurso é outro"

Estadão Conteúdo

07 Maio 2018 | 11h26

O técnico Renato Gaúcho pediu que a euforia pela boa fase do Grêmio fique na arquibancada. Para os jogadores falou em concentração, porque os objetivos na temporada ainda estão longes de serem alcançados.

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

"Nós aqui mantemos os pés no chão. Fico feliz em ver o torcedor feliz. O torcedor tem mais que aproveitar o momento do clube, tirar onda mesmo. Hoje é o Grêmio, amanhã é outro clube. Mas podem ter certeza que dos portões para dentro o discurso é outro", afirmou o treinador.

O Grêmio teve uma exibição de gala no domingo, em sua Arena, e goleou o Santos por 5 a 1 pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Na Libertadores, o time gaúcho também vive bom momento, e ocupa a liderança do Grupo A.

"Não temos um time imbatível. Não estou comparando, mas, se as maiores equipes do mundo, como Barcelona, Real Madrid, PSG e Manchester City, têm sempre que apresentar algo mais, é lógico que também precisamos melhorar", complementou.

Com a vitória no domingo, o Grêmio subiu para a quinta colocação no Brasileiro, com sete pontos, a três de distância do líder Flamengo. O time tricolor agora tentará manter o bom momento em outra competição.

Na próxima quarta-feira, enfrentará o Goiás pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, às 19h30, na Arena. O Grêmio venceu o jogo de ida por 2 a 0 fora de casa e pode perder por até um gol que garante a classificação. Pelo Brasileirão, a equipe terá o clássico contra o Inter, sábado, às 16h.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.