Nelson Perez/Divulgação
Nelson Perez/Divulgação

Renato culpa azar e gols perdidos por empate do Fluminense

Empate de quarta-feira leva o time aos 23 pontos, na vice-liderança do Campeonato Carioca

Agência Estado

27 de fevereiro de 2014 | 09h57

MACAÉ - O técnico Renato Gaúcho culpou o azar pelo empate do Fluminense com a Cabofriense por 1 a 1, na noite de quarta-feira, em Macaé, pela 11ª rodada do Campeonato Carioca. Para ele, o time esteve tenso em campo e, por isso, acabou desperdiçando muitas oportunidades de gol, o que provocou o tropeço.

"Depois da derrota para o Botafogo, conversei bastante com o grupo, pois deixamos a desejar. No confronto contra a Cabofriense ficamos inquietos pela quantidade de gols que perdemos. Nossa equipe criou, jogou bem e, no contra-ataque, eles fizeram o gol", disse.

Assim, Renato até festejou o gol marcado por Fred aos 47 minutos do segundo tempo, que evitou a derrota do Fluminense. "Nós cansamos de errar gols. Quando não faz, acaba tomando. Gostei, mas infelizmente a bola não entrou. Fomos premiados, entre aspas, com um golaço do Fred no fim", afirmou.

O empate de quarta-feira levou o Fluminense aos 23 pontos, na vice-liderança do Campeonato Carioca. O time volta a entrar em campo na próxima quarta-feira, às 19h30, diante do Friburguense, no Maracanã, pela 12ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.