Renato defende Edílson após expulsão em jogo do Grêmio: 'Time de homens'

Treinador elogia desempenho da equipe e valoriza "alto nível" de jogadores do Santos

Estadão Conteúdo

31 de julho de 2017 | 10h06

O técnico Renato Gaúcho defendeu a postura dos jogadores do Grêmio no empate em 1 a 1 diante do Santos, no domingo, em Porto Alegre, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico também negou que tenha faltado "malandragem" à equipe, especialmente no episódio que resultou na expulsão do lateral-direito Edílson, que empurrou Thiago Ribeiro e reclamou de uma marcação do árbitro Braulio da Silva Machado, no final do segundo tempo.

"Não quero que a minha equipe seja 'freira'. Não quero que ninguém seja padre dentro do campo. Acho que na hora de chegar junto, tem que chegar junto para mostrar que tem gente em casa. Eu falo isso para eles. Com respeito ao adversário e com respeito à arbitragem. Se a arbitragem agiu certo ou não, aí cabe a vocês (jornalistas) comentarem. O meu time é de homens, não vai aceitar tudo, ficar cabisbaixo, de mãozinhas para trás, vendo tudo o que acontece dentro do campo", enfatizou o técnico gremista.

Renato Gaúcho não encarou o empate em casa como um tropeço da sua equipe e elogiou a exibição dos jogadores, destacando especialmente a criação de jogadas. O técnico também procurou valorizar a qualidade do time santista.

"É normal no futebol. Nem sempre você vai ganhar, mas o que me deixa feliz é que a minha equipe jogou bem de novo, criou. Infelizmente, o goleiro deles estava numa tarde feliz, o Vanderlei. Faz parte do jogo. A gente trabalha, a gente cria e tenta fazer os gols. Nem sempre a gente consegue. Até porque enfrentamos uma grande equipe, a terceira colocada, um nível de jogadores muito alto. O Grêmio foi bem superior, jogou praticamente o tempo todo no campo do Santos, principalmente no primeiro tempo, criamos as situações claras", analisou Renato Gaúcho.

Sem Edílson e Pedro Geromel, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o comandante do time gaúcho não deu pistas sobre qual equipe colocará em campo na próxima quarta-feira, às 21h45, contra o Atlético Goianiense, em Goiânia, lanterna do Brasileirão. O Grêmio, que agora soma 33 pontos, segue em segundo lugar na competição, oito pontos atrás do líder Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.