Ivan Storti/Santos
Ivan Storti/Santos

Renato diz já pensar em 2019 e admite necessidade de reforços para o Santos

Ainda em atividade, volante ocupa a função de diretor executivo do clube há pouco mais de um mês

Estadão Conteúdo

20 Outubro 2018 | 19h02

Há pouco mais de um mês na função de diretor executivo de futebol do Santos e ainda em atividade, o volante Renato disse que, apesar de o time paulista ainda brigar por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores, o planejamento para 2019 já está em curso. Ao mesmo tempo que elogiou o elenco, o experiente jogador admitiu a necessidade de reforços para a próxima temporada e indicou que ele e a diretoria já estão analisando alguns nomes, estes ainda em sigilo.

"Mesmo ainda jogando e com o Brasileiro em disputa, também já venho com o pensamento no próximo ano. Estamos no fim da temporada, então já está na hora de pensarmos em alguns reforços para que o Santos de 2019 possa conquistar títulos. Claro que em uma reunião acabam surgindo alguns nomes. É normal. A gente já está analisando o mercado pensando na próxima temporada. Óbvio que é uma coisa sigilosa, até porque ainda estamos lutando por classificação no Brasileiro. Nosso elenco já é qualificado, mas sei que precisamos de reforços em algumas posições para 2019", afirmou Renato ao site oficial do clube.

À frente do cargo que era de Ricardo Gomes, Renato crê que a transição de atleta para executivo que cuida das contratações do clube tem de ser natural e não há problema em ser "superior" e "subordinado" ao mesmo tempo do técnico Cuca.

"É diferente, mas me coloco sempre à disposição dele (Cuca) dentro do campo. Fora das quatro linhas não rolam mais brincadeiras, é mais uma coisa profissional mesmo, buscando analisar as situações para fazer o melhor pelo Santos no próximo ano. A adaptação de jogador para executivo vai acontecendo aos poucos. Procuro sempre ficar no CT, conversar com Cuca e Dimas, para ir pegando a ideia do que é a função", explicou.

Com Renato à disposição, o Santos encara o Internacional nesta segunda-feira, às 20 horas, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, no duelo que fecha a 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O elenco treinou neste sábado no CT Rei Pelé, em Santos, e embarca para o Sul na manhã deste domingo. O último treinamento antes da partida será à tarde, no CT do Grêmio.

O Santos tem 42 pontos e ocupa a sétima posição na tabela de classificação da competição nacional. Os comandados de Cuca estão a quatro do Atlético-MG, último time dentro do grupo que dá acesso a uma vaga na próxima edição da Libertadores.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.