Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Renato diz que fez lista de reforços no Grêmio: 'Diretoria está correndo atrás'

Até o momento, o clube não anunciou nenhum reforço e já perdeu duas peças para 2019

Estadão Conteúdo

14 de dezembro de 2018 | 18h13

Encerrada a temporada 2018, o Grêmio já começa a preparação para a próxima temporada. E mesmo de longe, no Rio, o técnico Renato Gaúcho faz questão de participar da organização da equipe. Nesta sexta-feira, ele disse ter feito uma lista de reforços à diretoria tricolor, sem, no entanto, revelar os nomes destes pedidos.

"Quando saio de férias, sempre deixo uma lista de jogadores com a diretoria do Grêmio, para correrem atrás. A gente sabe todo final do ano acontece isso, principalmente em grandes clubes. Agora, a lista de jogadores que pedi eu não posso divulgar, senão tudo complica. Mas a diretoria do Grêmio está correndo atrás", declarou em entrevista ao Fox Sports.

Até o momento, o Grêmio não anunciou nenhum reforço e já perdeu duas peças: o volante Ramiro, que foi para o Corinthians, e o meia Douglas, que não teve o contrato renovado. O lateral Léo Moura ainda negocia sua permanência, enquanto o meia Cícero deve ser outro liberado para procurar um novo clube.

Renato considerou normal estas saídas e admitiu que o elenco do Grêmio pode até vir a sofrer novas baixas. "Nós sabíamos que iríamos perder alguns nomes, como está acontecendo, até porque os jogadores do Grêmio estão muito valorizados hoje em dia", afirmou.

O treinador, aliás, viveu um fim de ano diferente. Procurado pelo Flamengo, chegou a negociar sua ida ao clube carioca, mas decidiu manter seu trabalho de sucesso no Grêmio. Renato tratou com naturalidade o desenrolar da história e considerou que um dia deverá comandar o time rubro-negro.

"Tive motivos particulares para não ir dessa vez, mas tenho certeza que no futuro, se chegar a proposta para mim, vou realizar este sonho", apontou, antes de elogiar Abel Braga, contratado pelo Flamengo para o cargo. "Todo grande clube merece um grande treinador, que é o que o Abel é. Torço muito por ele, sou muito amigo, espero que ele tenha sucesso no Flamengo como teve em outros lugares."

 

 

Mais conteúdo sobre:
GrêmioRenato Gaúcho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.