Renato diz que Grêmio não teve 'atuação de gala', mas celebra vitória

Para o técnico, gol no início contribuiu para evitar que estratégia defensiva do Coritiba funcionasse

Estadão Conteúdo

23 de junho de 2017 | 09h30

O técnico Renato Gaúcho reconheceu que o Grêmio não teve grande atuação na noite de quinta-feira, mas celebrou o objetivo alcançado com a vitória por 2 a 0 sobre o Coritiba, em Porto Alegre, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, destacando que o time soube superar um adversário que adotou a estratégia de atuar retrancado.

"Não tivemos uma atuação de gala, não podemos deixar o torcedor mal acostumado, não jogamos tão bem quanto nos outros jogos. Falei que ia ser a mesma coisa dos jogos contra Vasco e Bahia, com o adversário fechado e usando o contra-ataque", disse.

Para Renato, o gol marcado por Pedro Rocha logo aos nove minutos do primeiro tempo encaminhou o triunfo gremista e facilitou a tarefa da equipe, pois forçou o Coritiba a alterar a sua proposta de jogo. "Conseguimos fazer um gol no início e isso deu uma maior tranquilidade na partida, e assim o Coritiba teve que se abrir. No fim, conseguimos matar o jogo", afirmou.

Com a vitória, o Grêmio chegou aos 22 pontos, em segundo lugar no Brasileirão. No próximo domingo, o time vai receber o Corinthians, pela décima rodada, em confronto direto pela liderança, afinal, o time paulista ocupa a primeira colocação com 23 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.