Renato elogia atuação gremista, mas lamenta empate

O empate por 1 a 1 diante do Ypiranga, na última quarta-feira, não foi um bom resultado para o Grêmio. A equipe segue sem vencer no Campeonato Gaúcho e tem apenas dois pontos em duas rodadas da competição. Apesar disso, o técnico Renato Gaúcho exaltou a atuação da jovem equipe gremista, que atuou praticamente apenas com jogadores reservas.

AE, Agência Estado

20 de janeiro de 2011 | 11h28

"Foi um jogo bom, a garotada correu, honrou a camisa, gostei da pegada deles. Nós fizemos o gol, tivemos a oportunidade de matar o jogo, mas, infelizmente, não marcamos e, no final, eles marcaram. Ainda falta ritmo de jogo, entrosamento", declarou o treinador.

Para o treinador, a principal falha gremista foi desperdiçar muitas chances e esperar que o adversário cometesse o mesmo erro. "Nós não podemos depender do adversário. Nós não fizemos e pagamos no final do jogo pelos nossos próprios erros", analisou.

Renato ainda revelou que deve continuar utilizando jogadores reservas no Campeonato Gaúcho devido à deficiência na preparação física por conta do pouco tempo disponível na pré-temporada. "O inicio de temporada é uma covardia com os jogadores de futebol. Precisa-se de duas equipes devido ao pouco tempo de treinamento, precisa dar tempo e poupá-los, ou seja, são vários os problemas", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.