Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Renato elogia trabalho de Jair e se diz pronto para ser capitão no Santos

Volante deve assumir posição de líder dentro de campo após a saída de Ricardo Oliveira

Estadão Conteúdo

14 Janeiro 2018 | 18h54

Após trabalhar com Jair Ventura no Botafogo, quando o hoje técnico dava os seus primeiros passos no futebol como membro da comissão do clube carioca, Renato reencontrou o filho de Jairzinho no Santos. E o experiente volante, de 38 anos, garante que a impressão deixada pelo treinador na rápida pré-temporada da equipe vem sendo positiva, ainda que destaque o estilo de trabalho bem diferente do novo comandante em comparação aos seus antecessores.

+Emprestado, Sasha quer brilhar para ficar 'muito tempo' no Santos

"É um treinador que estudou bastante para estar aqui. Tenho praticamente a mesma idade do Jair, mas o respeito é o mesmo. Ele tem um método diferente de outros que já trabalhei, mas é tudo muito bem definido. Gosta de trabalhar com cada setor de forma separada. É uma filosofia nova e muito boa. Tem várias outras coisas que não posso falar também, né. Mas a gente procura assimilar tudo o quanto antes para colocar em prática nos jogos", afirmou Renato, sobre Jair, que também possui 38 anos.

Com a saída de Ricardo Oliveira, que não teve o seu contrato renovado e se transferiu para o Atlético Mineiro, a expectativa é para que Renato assuma a condição de capitão. O volante garante estar pronto para a tarefa, mas assegurou que não foi avisado por Jair se vai realmente assumir a braçadeira em 2018.

"Eu já tenho uma liderança natural aqui no clube. Isso vem desde lá atrás. Em 2002 o Paulo Almeida era o capitão e depois eu assumi a faixa, isso com 23 anos. O professor Jair ainda vai decidir quem será o novo capitão, mas não tenho essa vaidade. Independentemente da escolha dele, eu vou procurar sempre ajudar os meninos que estão chegando. Como sou o mais experiente do grupo, sempre vou acabar passando uma liderança para os jogador jovens", explicou, ao site oficial do Santos.

Com pouco tempo de preparação para a temporada, o elenco do Santos fará a sua última atividade no CT Rei Pelé antes da estreia no Campeonato Paulista na manhã de segunda-feira, seguindo depois para Lins, local do jogo de quarta contra o Linense. Renato reconheceu que o time deverá encontrar dificuldades nos primeiros compromissos oficiais.

"Essa pré-temporada foi bem mais curta, atrapalha um pouco a preparação física. Mas vamos estar prontos para quarta-feira. Vamos lutar pelo título. A gente sabe que o Paulistão é complicado sim. O grupo ainda não está 100%, mas vamos evoluindo durante a competição", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.