Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Renato ensaia formação reserva em último treino do Grêmio para pegar Atlético-PR

Formação provável: Paulo Victor; Leonardo, Paulo Miranda, Bressan e Marcelo Oliveira; Cícero, Thaciano, Marinho, Douglas e Alisson; Thonny Anderson

Estadão Conteúdo

24 Agosto 2018 | 13h02

O elenco do Grêmio realizou na manhã desta sexta-feira, no CT Luiz Carvalho, o seu último treino visando o jogo contra o Atlético Paranaense, neste sábado, às 19 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pelo que pôde ser acompanhado na parte da atividade que foi aberta aos jornalistas, o técnico Renato Gaúcho deixou claro que deverá escalar uma formação reserva no duelo.

A fase inicial do treinamento foi fechada e quando o acesso foi liberado à imprensa apenas Jailson, Maicon, Everton e Ramiro, que hoje são considerados titulares, participaram do tradicional rachão que sempre ocorre nas vésperas das partidas. Já o zagueiro Kannemann apenas corria em volta do gramado neste período do treino.

Nenhum deles, porém, deverá ser confirmado na equipe que iniciará a partida contra o Atlético-PR. Renato pretende poupar os titulares para o jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores, contra o Estudiantes, na próxima terça-feira, em Porto Alegre, onde os gremistas jogarão para reverter uma vantagem de 2 a 1 construída pelo time argentino no confronto de ida do mata-mata.

Uma formação provável do Grêmio para este sábado é a seguinte: Paulo Victor; Leonardo, Paulo Miranda, Bressan e Marcelo Oliveira; Cícero, Thaciano, Marinho, Douglas e Alisson; Thonny Anderson. Entre estes jogadores, Bressan volta a ficar à disposição depois de se recuperar de lesão.

Focado principalmente na Libertadores, o atual campeão continental ocupa hoje a quarta posição do Brasileirão, com 37 pontos, cinco atrás do líder São Paulo. Na rodada passada, na quarta-feira, o time gremista empatou por 1 a 1 com o Cruzeiro, em casa.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.