Renato espera ver Vasco com menos erros contra o Boavista

O técnico do Vasco, Renato Gaúcho, espera ver o time cometer o menor número de erros possível no jogo deste sábado, contra o Boavista. Ele exibiu aos jogadores a partida do último domingo, contra o Madureira, como exemplo de como não jogar - o time começou mal e obteve a goleada por 4 a 1 apenas no segundo tempo, de virada, com três gols de Romário.?Falei para eles que não podemos atuar de maneira diferente daquela que apresentamos durante o segundo tempo. Nem sempre poderemos ter condição de virar os jogos", reclamou o técnico, que já avisou: não terá muita paciência: ?É preciso ter pegada desde o primeiro minuto. Quem estiver dormindo em campo, não vou nem esperar o intervalo para substituir.?Renato disse que, durante a exibição do vídeo da partida, os jogadores admitiram a má atuação. ?Os jogadores concordaram com o que falei e, se concordaram, é porqueestão errados. E, se estão errados, não pode acontecer mais?, disse o técnico do Vasco. ?O adversário pode até fazer gols na gente, mas por mérito."O meia Abedi conversou com o treinador e assegurou que, ao contrário do que havia dito durante a semana, aceita atuar improvisado como lateral. Romário, por sua vez, treinou normalmente e deve ser titular na partida em Saquarema.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.