Renato evita opinar sobre aposentadoria de Edmundo

A boa atuação de Edmundo na vitória por 4 a 2 sobre o Vasco, quarta-feira, pela 31ª rodada do Campeonato, trouxe de volta a discussão sobre a possibilidade do veterano atacante abandonar o futebol no final do ano. O técnico Renato Gaúcho evitou dar sua opinião sobre o futuro de Edmundo. "A decisão tem que partir dele. Condições ele tem, mas resta saber se vai ter tesão para treinar em 2009. Chego um momento em que o jogador sabe que tem que treinar para jogar. E sem treinar não tem como jogar. O importante é ele pensar no presente, já que está animado e ajudando", afirmou, em entrevista à Rádio Globo. Depois do Vasco ser eliminado pelo Sport na semifinal da Copa do Brasil, Edmundo anunciou que estava abandonando o futebol. O atacante, no entanto, mudou de idéia após reunião com Eurico Miranda, presidente do Vasco na época. No entanto, comentou em outros momentos que dificilmente vai jogar no próximo ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.