Renato exalta campanha 'extraordinária' do Grêmio

Em quarto na classificação final, time agora torce contra o Goiás para ir à Libertadores

AE, Agência Estado

05 de dezembro de 2010 | 21h08

Embora o Grêmio ainda precise torcer pela derrota do Goiás na final da Copa Sul-Americana, para ficar com uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores, o técnico Renato Gaúcho antecipou neste domingo que a campanha do time gaúcho foi extraordinária no Campeonato Brasileiro.

Veja também:

link Grêmio derrota Botafogo e sonha com a Libertadores

"Acima de tudo, eu fico muito feliz por tudo isso ter acontecido. Eu tenho participação, como o presidente, a comissão técnica, todo mundo tem", afirmou o treinador, após a vitória sobre o Botafogo. "O futebol é assim, quando um ganha, todos ganham. Todos ficaram felizes com a campanha do grupo. Foi extraordinária".

Contente, Renato chegou a afirmar que não se importará se o Goiás vencer a Sul-Americana. "A gente fez a nossa parte, que era colocar o Grêmio em quarto. Não adiantava pensar no jogo de quarta. Nós fechamos com chave de ouro. Mesmo que aconteça uma zebra na quarta-feira, esse grupo está de parabéns", opinou.

Na primeira partida da final da Sul-Americana, o Goiás venceu o Independiente por 2 a 0. O jogo decisivo será na Argentina, na quarta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.