Lucas Uebel/ Grêmio
Lucas Uebel/ Grêmio

Renato fecha treino e faz mistério antes de viagem à Argentina

Grêmio enfrenta o Lanús na quarta-feira pela decisão da Libertadores

Estadão Conteúdo

27 Novembro 2017 | 20h18

O técnico Renato Gaúcho fez mistério ao comandar, no final da tarde desta segunda-feira, o último treino do Grêmio em Porto Alegre antes de o time embarcar no final desta noite rumo à Argentina para o segundo jogo da decisão da Copa Libertadores, quarta-feira, contra o Lanús.

+ Renato Gaúcho vê empate com Atlético-GO como teste antes de final 

O treinador fechou boa parte da atividade, que não pôde ser acompanhada pelos jornalistas no CT Luiz Carvalho, e assim manteve o suspense sobre quem será o substituto do zagueiro Kannemann, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo no duelo de ida da final, na semana passada, quando a equipe gremista venceu por 1 a 0.

Apesar do mistério, a tendência é a de que Renato confirme a escalação de Bressan formando dupla de zaga com Pedro Geromel na partida marcada para começar às 21h45 (de Brasília) desta quarta, em Lanús, na região metropolitana de Buenos Aires.

Por discordar do cartão amarelo aplicado ao argentino Kannemann na partida de ida da final, o Grêmio chegou a entrar com um pedido de anulação da advertência junto à Conmebol, mas a entidade acabou mantendo a punição, em informação confirmada pelo clube na tarde desta segunda.

Na parte que pôde ser acompanhada pela imprensa no trabalho desta segunda-feira, o volante Maicon também voltou a treinar com o grupo gremista depois de ter se recuperado de uma cirurgia no tendão de Aquiles. Ele havia retornado à rotina de treinamentos no campo com os seus companheiros no último sábado.

Após a sua chegada à Argentina, o Grêmio fará na tarde desta terça-feira o último treino de preparação para o duelo de volta da decisão continental. A atividade ocorrerá no estádio La Fortaleza, palco da partida de quarta-feira.

Renato relacionou 28 jogadores para este confronto no qual o Grêmio poderá se sagrar tricampeão da Libertadores. Entre eles está até o suspenso Kannemann. Os outros 27 são os seguintes: Arthur, Beto da Silva, Bressan, Bruno Grassi, Bruno Rodrigo, Cícero, Bruno Cortez, Cristian, Douglas, Edilson, Everton, Fernandinho, Geromel, Jael, Jailson, Kaio, Leonardo Gomes, Léo Moura, Luan, Lucas Barrios, Maicon, Marcelo Grohe, Marcelo Oliveira, Michel, Paulo Victor, Rafael Thyere e Ramiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.