Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Renato fecha treino e mantém mistério no Grêmio para 'jogo do ano'

Equipe gaúcha decide vaga às quartas de final da Libertadores contra o Estudiantes em Porto Alegre

Estadão Conteúdo

27 Agosto 2018 | 20h02

O técnico do Grêmio, Renato Gaúcho, fechou nesta segunda-feira a preparação para o duelo decisivo das oitavas de final da Libertadores, diante do Estudiantes. Depois de perder na Argentina por 2 a 1, o time gaúcho precisa reverter a situação nesta terça na Arena, em Porto Alegre, se quiser seguir na briga pelo segundo título seguido da competição, que seria seu quarto no total.

Na última atividade antes do confronto, o treinador fez mistério. Ele fechou cerca de uma hora da atividade à imprensa. Quando os portões foram abertos, os jogadores já realizavam um trabalho recreativo no gramado.

Renato tem todos os titulares à disposição e leva apenas uma dúvida para o confronto. Em baixa e criticado pela torcida, André vem sendo escolhido pelo treinador, mas Jael pode ganhar a vaga. Os dois foram poupados no fim de semana contra o Atlético-PR, pelo Brasileirão, quando o Grêmio atuou com os reservas, o que aumentou o mistério para esta terça.

Uma vitória simples basta ao time gaúcho, que, no entanto, precisará vencer por pelo menos dois gols de diferença se for vazado. Um triunfo por 2 a 1 leva a disputa para os pênaltis, e qualquer outro resultado dá a classificação ao Estudiantes. Os jogadores sabem da importância da partida para a temporada do clube e, por isso, o lateral Cortez a classificou como "jogo do ano".

"A gente tem que saber fazer a leitura correta do jogo, saber o momento certo de apoiar ou defender. O mais importante é conseguir a nossa classificação. E o grupo está pronto pra isso. Sabemos que é o jogo do ano para o Grêmio. Sabemos da importância da classificação para toda equipe, para a diretoria, para os torcedores", considerou.

Independente do cenário do confronto, Cortez ainda prometeu um Grêmio ofensivo na terça. "Não adianta nada a gente ficar no nosso campo, atuando no nosso estádio, ao lado do torcedor, só com a bunda lá atrás. Temos que fazer os caras correrem atrás da gente também."

Com a única dúvida no ataque, Renato levará o Grêmio a campo nesta terça-feira com: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Jailson, Maicon, Ramiro, Luan e Everton; Jael (André). Se avançar, o time gaúcho terá pela frente Atlético Tucumán, da Argentina, ou Atlético Nacional, da Colômbia, nas quartas da Libertadores.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.