Renato Gaúcho bate marca e quer vitória do Fluminense

A partida contra o Coritiba, neste domingo, às 16 horas, no Maracanã, será um importante marco na carreira do técnico Renato Gaúcho, que completará 177 partidas à frente do Fluminense, tornando-se o terceiro treinador que mais comandou o clube, atrás apenas de Zezé Moreira (467 partidas) e Ondino Vieira (302). Mas Renato bem que gostaria que os objetivos em jogo fossem mais nobres. No momento, ambas as equipes lutam contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

AE, Agência Estado

16 de agosto de 2009 | 08h16

Veja também:

linkCoritiba joga no Rio em duelo direto contra descenso

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Com 15 pontos, o Fluminense é o penúltimo colocado. Os paranaenses estão uma posição acima, em 18.º lugar, com 16 pontos. Um confronto direto contra a queda para fechar o primeiro turno da competição.

Renato não esconde a preocupação de seus jogadores. "Estamos sofrendo com a ansiedade há muito tempo. É um duelo de seis pontos e temos que pensar exclusivamente na vitória", admitiu o técnico, que colecionou 77 vitórias, 45 empates e 54 derrotas nos 176 jogos anteriores em que comandou o time tricolor.

O treinador não vai promover mudanças com relação à equipe que empatou com o Vitória, em Salvador, na última rodada. Poupados do empate com o Flamengo, pela Copa Sul-Americana, os titulares estão descansados e não há desculpas para um tropeço.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.