Renato Gaúcho diz que Grêmio foi inteligente e teve paciência para bater o Vasco

Time gaúcho bateu a equipe carioca por 2 a 0, com gols de Barrios e Luan

Estadão Conteúdo

05 de junho de 2017 | 09h06

Renato Gaúcho elogiou a qualidade do futebol apresentado pelo Grêmio na vitória sobre o Vasco por 2 a 0, neste domingo, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Na visão do treinador, o time soube esperar o melhor momento para furar a retranca carioca e criar as melhores chances. Ele advertiu seus jogadores de que o rival iria jogar fechado na defesa. Por isso, era preciso paciência.

"O time jogou com inteligência, competência, soube valorizar a posse de bola. O Vasco veio aqui para se defender e tentar achar o gol numa jogada de contra-ataque. Tínhamos que ter calma e inteligência, do jeito que nós jogamos. Falei para os jogadores que mais cedo ou mais tarde faríamos o gol e foi o que aconteceu", afirmou o treinador.

Entre os primeiros colocados do Brasileirão com nove pontos, um atrás dos líderes Chapecoense e Corinthians, Renato Gaúcho não poupou elogios ao elenco do Grêmio. O treinador ressaltou que a pressão sobre os jogadores irá aumentar a cada rodada, pediu humildade e foco ao elenco e ressaltou que, por enquanto, o time tricolor não se encontra entre os favoritos ao título.

"A cada partida somos cobrados. Hoje vejo um futebol bonito. Acho que o Grêmio apresenta o melhor futebol do Brasil. É a minha opinião minha. Mas, de maneira alguma, isso credencia que o Grêmio vai ser campeão. Eles sabem que precisam matar um leão por jogo. Queremos pezinho no chão, não somos favoritos a nada", completou o técnico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.